OUTROS TEMAS PROVÁVEIS – ENEM 2017

PATRIMÔNIOS IMATERIAIS: COMO PRESERVAR E VALORIZAR ELEMENTOS CULTURAIS DAS MATRIZES AFRICANAS E INDÍGENAS.

CULTURA

Atualmente, há leis que asseguram a obrigatoriedade do ensino da cultura e história afro-brasileiras, africanas e indígenas nas escolas. A lei 10.639 foi sancionada em 2003 e institui o ensino da cultura e história afro-brasileiras e africanas e a lei 11.645complementa a lei 10.639 ao acrescentar o ensino da cultura e história indígenas. Ambas alteram a lei 9.394 , que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. http://www.epsjv.fiocruz.br

A MÚSICA POPULAR  COMO EXPRESSÃO CULTURAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA

MÚSICA

A música popular brasileira começou, de vez, nos anos 60. No entanto, é interessante traçar brevemente o caminho da origem da MPB, desde muito antes da Bossa Nova.  http://www.uppermag.com

 

OCUPAÇÃO DE ESCOLAS

ESCOLA

A conscientização dos jovens e adolescentes no país é cada vez maior, a atual cena de ocupação de escolas públicas têm chamado a atenção, trazendo a tona a importância do diálogo e respeito pela opinião desses jovens. O tema pode levantar questões como a importância da Educação e da participação dos estudantes nas políticas públicas para essa importante área.

ESPORTE COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL NO BRASIL

ESPORTE

O Brasil sediou os Jogos Pan-americanos de 2007, a Copa do Mundo de 2014 e foi o primeiro país da América do Sul a sediar uma Olimpíada, portanto, um tema relacionado ao esporte tem chance de ser cobrado na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio. A nossa aposta é no esporte como ferramenta de inclusão social, pois, além de ajudar na formação ética, é uma importante ferramenta de socialização e o Brasil dispõe de inúmeros casos de sucesso e superação por meio do esporte. Nos Jogos Olímpicos de 2016, por exemplo, o Brasil obteve o melhor resultado de sua história, conquistando 19 medalhas e alguns atletas faziam parte de programas sociais. A atleta Rafaela Silva, do judô, que trouxe a primeira medalha de ouro para o Brasil na Rio 2016 e Isaquias Queiroz, da canoagem, que entrou para história como o primeiro atleta brasileiro a receber três medalhas em uma mesma Olimpíada são beneficiários de programas sociais do governo. Ao conquistar a incrível façanha, Isaquias disse: “Essa medalha tem um significado especial por ter vindo de um projeto social.”
Se o esporte como ferramenta de inclusão social aparecer como tema de redação do ENEM o que você pode abordar em sua redação?
Faça um apanhado dos programas sociais disponibilizados pelo governo ou por ONG´s que beneficiaram muitos esportistas brasileiros. E não deixe de expor como o esporte é importante para o desenvolvimento, formação e melhoria da qualidade de vida de muitas crianças e adolescentes. Além de ajudar na socialização, a prática frequente de atividades esportivas também ajuda na formação ética, atuando como um ótimo disseminador de valores, além de exigir ordem, disciplina, paciência e dedicação.http://www.imaginie.com/

 

SEGURANÇA PÚBLICA- PORTE DE ARMAS E ESTATUTO DO DESARMAMENTO

ARMA

REFUGIADOS NO BRASIL

REFUGIADO

 

O Brasil deixou de ser um destino acolhedor para os refugiados. No ano passado, o governo endureceu a concessão de vistos para quem pediu asilo no País, e a queda em relação a 2015 chegou a 28%.

Foram 886 solicitações de refúgio deferidas em 2016, contra 1.231 no ano anterior. Menos da metade dos pedidos recebidos foi atendida, demonstram dados do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), órgão interministerial que cuida do assunto e é presidido por um representante da pasta da Justiça. https://www.cartacapital.com.br

 

TRAGÉDIAS AMBIENTAIS QUAL O PREÇO DO PROGRESSO?

MARIANA

Especialistas destacam que a grandiosidade dos danos se deve à amplitude dos impactos ambientais, bem como à variedade e à extensão atingida. “Trata-se de  desastre que além de trazer incalculáveis prejuízos ambientais, também acarreta prejuízos sociais, econômicos e culturais”, avalia Gustavo Souto Maior, do Núcleo de Estudos Ambientais da Universidade de Brasília (UnB). http://www.ebc.com.br

AS MANIFESTAÇÕES POLÍTICAS

MANIFESTAÇÃO

Que estão acontecendo nas ruas, mas que participaram das redes sociais, como essas ferramentas de comunicação e interação “virtual” estão despertando o interesse político e levando às pessoas as ruas. É interessante falar sobre a potencialidade da ferramenta na comunicação das pessoas, no debate de assuntos e de levar a informação ao público. Também é possível falar sobre a confiabilidade do que passa pelas redes sociais, pois nem sempre as informações são corretas.

 

TRAGÉDIA CHAPECOENSE

CHAPECO

Um avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, caiu na madrugada desta terça-feira (29-11-2016) a poucos quilômetros da cidade colombiana.

O Diretor Geral da Unidade Nacional para Gestão de Risco e Desastres colombiana, Carlos Iván Márquez Pérez, disse que as operações de busca e resgate foram encerradas com o seguinte balanço: 6 feridos e 71 mortos. http://g1.globo.com/mundo

 

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

ORGÃO

 

Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (27-09-2017), Dia Nacional da Doação de Órgãos, que o Brasil registrou recorde de doadores de órgãos, com 1.662 doadores no primeiro semestre — aumento de 16% em relação ao mesmo período do ano passado. Apesar disso, segundo a pasta, a recusa das famílias em autorizar os transplantes ainda é alta (43%).  https://g1.globo.com/bemestar/

 

Anúncios

PROVÁVEIS TEMAS – 2017

1.G-20

G-20

Os dirigentes do G20 reuniram-se na Alemanha, em 7 e 8 de julho.

Os dirigentes adotaram uma declaração que aborda os seguintes aspetos:

partilhar os benefícios da globalização

desenvolver a resiliência

melhorar os meios de subsistência sustentáveis

assumir responsabilidades.

Declaração dos líderes do G20 – Construir um mundo interconectado,

Além disso, adotaram um plano de ação para reforçar a cooperação na luta contra o terrorismo.

No que se refere à energia e ao clima, os dirigentes tomaram nota da decisão dos Estados Unidos da América de se retirar do Acordo de Paris. Os dirigentes dos outros membros do G20 declararam que o Acordo de Paris é irreversível.   http://www.consilium.europa.eu

2.DESAFIOS DA MOBILIDADE URBANA

MOBILIDADE

Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU) do governo federal, Lei 12.587/12, pretende estimular transporte coletivo público nas cidades. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a falta de políticas públicas para transporte de massa e mobilidade urbana, aliada a passagens cada vez mais caras, provocaram uma queda de cerca de 30% na utilização do transporte público no Brasil nos últimos dez anos.   http://www.senado.gov.br/noticias/Jornal

3.LIXO E MEIO AMBIENTE

LIXOA Política Nacional de Resíduos Sólidos  criada pela lei número 12.305/2010, representou um avanço na questão do lixo, mas pouco foi implantado até agora. Claro que o poder público tem grande responsabilidade na destinação dos resíduos sólidos, mas o setor privado também pode, e deve, colaborar para mudar o cenário nacional. “As empresas podem questionar o uso de embalagens supérfluas em seus produtos, estimular a reciclagem, acolher em seus processos a reutilização, como matéria-prima dos produtos da coleta seletiva”, explica a professora Maria Luiza.  http://revistagalileu.globo.com

4.POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA

POPULAÇÃO DE RUAPopulação em situação de rua, reflexo da exclusão social

Uma pesquisa publicada pelo Ipea com base em dados de 2015 projetou que o Brasil tem pouco mais de 100 mil pessoas vivendo nas ruas. O Texto para Discussão Estimativa da População em Situação de Rua no Brasil aponta que os grandes municípios abrigavam, naquele ano, a maior parte dessa população. Das 101.854 pessoas em situação de rua, 40,1% estavam em municípios com mais de 900 mil habitantes e 77,02% habitavam municípios com mais de 100 mil pessoas. Já nos municípios menores, com até 10 mil habitantes, a porcentagem era bem menor: apenas 6,63%. 26/01/2017 09:06 – http://www.ipea.gov.br

5.ATIVISMO NAS REDES SOCIAIS

ATIVISMO

O ciberativismo é um termo recente e consiste na utilização da internet por grupos politicamente motivados que buscam difundir informações e reivindicações sem qualquer elemento intermediário com o objetivo de buscar apoio, debater e trocar informação, organizar e mobilizar indivíduos para ações, dentro e fora da rede. https://vestibular.uol.com.br

6.FORÇA DA JUVENTUDE

FORÇA JUVENTUDEDaniel Perez, professor do Cursinho Maximize, acredita que temas ligados à juventude podem aparecer. O professor lembra que a força da juventude e a importância dos jovens para a sociedade são assuntos que nunca foram abordados, são fortes e por isso têm potencial para cair este ano. https://g1.globo.com/

                     7.ANTI-VACINAÇÃO

ANTI-VACINAÇÃO

Cresce no mundo o número de pais contrários à imunização dos filhos por considerarem a proteção mais prejudicial do que benéfica. O movimento pode aumentar os casos de doenças como o sarampo ou adiar a erradicação da pólio. https://istoe.com.br

8.PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

PESSOAS COM DEFICIENCIA

Segundo a OMS, com dados de 2011, 1 bilhão de pessoas vivem com alguma deficiência – isso significa uma em cada sete pessoas no mundo. A falta de estatísticas sobre pessoas com deficiência contribui para a invisibilidade dessas pessoas. Isso representa um obstáculo para planejar e implementar políticas de desenvolvimento que melhoram as vidas das pessoas com deficiência.  A ONU alerta ainda que 80% das pessoas que vivem com alguma deficiência residem nos países em desenvolvimento. No total, 150 milhões de crianças (com menos de 18 anos de idade) tem alguma deficiência, segundo o UNICEF. https://nacoesunidas.org

        9.SISTEMA PRISIONAL BRASILEIRO

PRISÃOA superlotação dos presídios e às condições dos detentos, que apresentam bastante espaço para propostas de intervenção. “O estudante pode sugerir que haja uma melhoria na estrutura e na inspeção dos locais, diminuindo a precariedade, levando condições de vida dignas às pessoas e controlando efetivamente o que ocorre dentro dos presídios”. Outra intervenção seria a de implementar projetos de educação e recolocação do indivíduo na sociedade. “Visto que a falta dessas ações fazem com que o preso, após cumprir a pena, tenha uma grande chance de voltar ao cárcere por não possuir perspectivas de ressocialização.” https://g1.globo.com

10.INDÍGENA

INDIGENA

Os povos indígenas brasileiros enfrentam atualmente riscos mais graves do que em qualquer outro momento desde a adoção da Constituição de 1988. Essa é a conclusão de relatório que será apresentado ao Conselho de Direitos Humanos pela relatora especial da ONU sobre os direitos dos povos indígenas, Victoria Tauli-Corpuz. Segundo ela, no atual contexto político, as ameaças que esses povos enfrentam podem ser exacerbadas, e a proteção de longa data de seus direitos pode estar em risco. https://nacoesunidas.org

11.VIOLÊNCIA URBANA

VIOLENCIA URBANA

A violência urbana tem ocasionado a morte de milhares de jovens no Brasil, é o principal fator de mortandade dessa faixa etária.
A criminalidade não é um “privilégio” exclusivo dos grandes centros urbanos do país, entretanto o seu crescimento é largamente maior do que em cidades menores. É nas grandes cidades brasileiras que se concentram os principais problemas sociais, como desemprego, desprovimento de serviços públicos assistenciais (postos de saúde, hospitais, escolas etc.), além da ineficiência da segurança pública. Tais problemas são determinantes para o estabelecimento e proliferação da marginalidade e, consequentemente, da criminalidade que vem acompanhada pela violência.
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br

 

12.SAÚDE E O SUS

SAUDE

 Casos de pacientes em macas espalhadas pelos corredores ou em colchões sobre o chão, falta de água em chuveiros e sanitários e cenários que se assemelham aos de uma enfermaria de guerra integram relatório divulgado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). O órgão, em parceria com a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, hospitais de urgência da rede pública. A conclusão: problemas estruturais no Sistema Único de Saúde (SUS) ferem a dignidade e os direitos da população.

13.CONFUSÃO ENTRE GRAFITE E PICHAÇÃO

PICHAÇÃO

Ambas são pinturas feitas com tintas spray ou de latas. Ambas são manifestações que nasceram no século XX, dentro de uma produção cultural urbana. No entanto, uma é mais aceito que a outra. A palavra “Grafite” deriva do italiano grafitto, usualmente é conceituado como “inscrição ou desenho de épocas antigas, toscamente riscado à ponta ou a carvão, em rochas, paredes, vasos etc.”. Um grafismo seria um desenho ou imagem. No dicionário Aurélio, pichação possui “caráter político, escrito em muro de via pública”. É associado à palavra, mas na prática, nem toda pichação busca transmitir uma mensagem política.

A principal diferença é que a pichação advém da escrita, enquanto o grafite está diretamente relacionado à imagem. A distinção entre as práticas do grafite e da pichação é algo que acontece especificamente no Brasil. Em países como os Estados Unidos e Colômbia, as duas práticas possuem a mesma nomenclatura. https://vestibular.uol.com.br

 

14.TRABALHO ESCRAVO NO BRASIL ATUAL

TRABALHO ESCRAVO

A nova lei que regula a definição do trabalho escravo não é fruto do capitalismo, mas sim do arcaísmo que resiste ao avanço do capitalismo e que tomou para si as decisões do governo imperial, assim como do governo temer.

2013- Ele afirma que, desde 2010, quando começaram as operações de combate ao trabalho escravo voltadas exclusivamente para estrangeiros, 128 bolivianos e um peruano foram resgatados no Estado de São Paulo, que concentra o maior contingente de trabalhadores estrangeiros do país.

2014 – Dezenove trabalhadores foram encontrados em condições análogas à de escravos em carvoarias do interior de São Paulo. Sete crianças e adolescentes também foram flagrados trabalhando durante uma megaoperação conjunta para combater o crime em Pedra Bela, Joanópolis e Piracaia. Ao todo, dez estabelecimentos foram alvo da blitz, e seis acabaram interditados. http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/

2015 O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) diz ter encontrado 130 trabalhadores no norte do Piauí em situações degradantes e parecidas com escravidão. Eles dormiam em redes junto a porcos em alojamentos de uma  fazendas.

2016 – O Ministério do Trabalho e Previdência Social resgatou 1.010 trabalhadores em 2015 que estavam em condições análogas à escravidão. As 140 operações feitas pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel e por auditores fiscais do trabalho identificaram trabalhadores nessa situação em 90 dos 257 estabelecimentos fiscalizados, segundo balanço do ministério divulgado para marcar o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo.   https://economia.uol.com.br/

15.ANSIEDADE, DEPRESSÃO E SUICÍDIO

SUICIDIO

Dados divulgados pela BBC Brasil indicam que, entre 1980 e 2014, a taxa de suicídio entre jovens de 15 a 29 anos aumentou 27,2% no Brasil. Estes dados são preocupantes e merecem um olhar atento de todos nós.

 A depressão está aumentando em toda a população, inclusive entre os mais jovens. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país campeão mundial do transtorno de ansiedade e somos o quinto em número de pessoas com depressão; o que significa aproximadamente 11,5 milhões de bemestar – Segunda-feira, 24/04/2017

 

16.BULLYING NAS ESCOLAS

BULLYNG

O bullying é um fenômeno que não faz distinção de camadas sociais e está presente em escolas públicas e particulares do mundo inteiro. Tem características semelhantes em qualquer país, mas no Brasil tem uma particularidade: só aqui a maioria dos casos – 21% – ocorre dentro da sala de aula, e não no pátio da escola. É o que mostra a pesquisa O Bullying Escolar no Brasil, organizada pela Plan Internacional, uma ONG voltada para os direitos da infância.

Lei nº 13.185 determina que será considerada intimidação sistemática (bullying) todo ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo.

https://www.cartacapital.com.br

17.CONSUMISMO

CONSUMISMO

Prazer, sucesso, felicidade, alívio. Todas essas sensações costumam surgir como consequência da realização de um objetivo ou meta. No entanto, são também esses sentimentos que costumam respaldar o ato de comprar compulsivamente e, portanto, explorados pelo consumismo, modo de vida orientado para uma crescente propensão ao consumo de bens e serviços, em geral, supérfluos. www.cartaeducacao.com.br

 

18.DESIGUALDADE SOCIAL

DESIGUALDADE

A desigualdade voltou a aumentar no país. Ao atingir patamares recordes em 2016, o desemprego fez com que a disparidade da renda domiciliar per capita no Brasil registrasse o primeiro aumento em 22 anos, desde o início do Plano Real, mostra o índice de Gini calculado pela FGV Social.
https://oglobo.globo.com/economia/com

19.BELEZA, NO BRASIL, VIROU RELIGIÃO E O CORPO, UMA OBSESSÃO

BELEZA

Nas sociedades modernas há uma crescente preocupação com o corpo, com a dieta alimentar e o consumo excessivo de cosméticos, impulsionados basicamente pelo processo de massificação das mídias a partir dos anos 1980, onde o corpo ganha mais espaço, principalmente nos meios midiáticos. Não por acaso que foi nesse período que surgiram as duas maiores revistas brasileiras voltados para o tema: “Boa Forma” (1984) e “Corpo a Corpo” (1987). brasilescola.uol.com.br

20.FAMÍLIA NO SÉCULO 21

FAMILIA

   Especialistas e intelectuais afirmam que não há um conceito único de família e que ele permanece aberto, em construção, e deve acompanhar as mudanças de comportamento, religiosas, econômicas e socioculturais da sociedade. Alas mais conservadoras da sociedade e de diferentes religiões não compartilham dessa visão e mantém o entendimento de que o fator gerador da família é o casamento entre homem e mulher, os filhos gerados dessa união e seus demais parentes.

     Mas, com o passar do tempo, novas combinações e formas de interação entre os indivíduos passaram a constituir diferentes tipos de famílias contemporâneas: a nuclear tradicional (um casal de homem e mulher com um ou dois filhos, sendo a relação matrimonial ou não); matrimonial; informal (fruto da união estável); homoafetiva; adotiva; anaparental (sem a presença de um ascendente); monoparental (quando apenas um dos pais se responsabiliza pela criação dos filhos); mosaico ou pluriparental (o casal ou um dos dois têm filhos provenientes de um casamento ou relação anterior); extensa ou ampliada (tem parentes próximos com os quais o casal e/ou filhos convivem e mantém vínculo forte); poliafetiva (na qual três ou mais pessoas relacionam-se de maneira simultânea); paralela ou simultânea (concomitância de duas entidades familiares), eudomonista (aquela que busca a felicidade individual), entre outras. https://vestibular.uol.com.br/

 

21.CIBERBULLYING E OUTROS CRIMES VIRTUAIS

CYBERBULLYING

Alana Vivas e André Valente, professor do Cursinho da Poli, lembram que o tema norteou muitas discussões deste ano. Bons exemplos são a série “13 Reasons Why”, da Netflix, que foi febre entre os jovens e retratou o ciberbullying e a depressão, além do fenômeno Baleia Azul, um “jogo virtual” que incentivava a automutilação e o suicídio.

“O aluno, ao se deparar com um tema como esse, pode argumentar que a escola e a família possuem papéis distintos, mas complementares no processo de conscientização acerca do ciberbullying e dos crimes virtuais, além de sugerir que o aumento da depressão entre os jovens seja tratado pelo ministério da saúde como um problema de saúde pública”, afirma Alana.  https://g1.globo.com

22.ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO

 

 

IDOSO

Atualmente somos considerados um país adulto, e a estimativa é que até 2050 passemos à categoria idoso. Mudanças socioeconômicas, avanços tecnológicos, processo de urbanização e políticas públicas mais consistentes garantiram expressiva melhoria na qualidade de vida do brasileiro”, afirma.

O consultor lembra que o país conta com mais aposentados do que contribuintes, o que deu precedente à reforma da previdência proposta pelo atual governo. https://g1.globo.com

23.HOMOFOBIA E CRIMINALIZAÇÃO NO BRASIL

HOMOFOBIA

Depois de oito anos em tramitação, o projeto de lei da Câmara dos Deputados (PLC 122/06) que dispõe sobre o tema foi arquivado em 2014, sem conseguir aprovação. O texto define crimes resultantes de discriminação ou preconceito de gênero e orientação sexual e encontra resistência, sobretudo, entre parlamentares da bancada religiosa. “Esse preconceito faz parte das estruturas sociais, marcados pelo machismo e o patriarcado. www.em.com.br/app/noticia/especiais

24.LIBERDADE DE EXPRESSÃO E MÍDIA

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Diante do mundo, desde 1988 o Brasil voltou a fazer parte do rol de países democráticos, em que a liberdade política e de expressão são asseguradas. Os pesquisadores do Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (Obcom) porém, têm muito claro que a cultura da censura ainda persiste no país, e que ela se manifesta de diversas formas. Interdições são promovidas principalmente pelas mãos do Estado, seja pela atuação do Executivo, do Legislativo ou do Judiciário. Para os estudiosos do tema, estes poderes ainda se apoiam em critérios e justificativas oficiais para favorecer os anseios de uma elite econômica ou política que protege seus interesses. http://www5.usp.br/

25.JOVENS E DROGAS

DROGA

Simone Motta, coordenadora de português do Etapa, acha que um assunto provável é o consumo de álcool e drogas entre adolescentes. O tema pode ser abordado sob a ótica da saúde pública e o impacto desse consumo cada vez mais precoce à saúde.

https://g1.globo.com/educacao/enem/2017

26. PODER TRANSFORMADOR DO TRABALHO

TRABALHO I

Daniel Perez acredita que a redação vai manter a linha de abordar um problema social brasileiro. Uma de suas apostas é o “trabalho e seu poder transformador”, assim como questões ligadas ao empreendedorismo relacionadas à criatividade do povo brasileiro. https://g1.globo.com/educacao/enem/2017

27.TECNOLOGIA E SOCIEDADE: TECNOVÍCIOS

TECNOVÍCIO

O vício tecnológico é um problema sério, semelhante às dependências químicas, alertam especialistas. De acordo com psiquiatras e psicólogos que debateram o tema no congresso anual da Associação Brasileira de Psiquiatria, em Brasília, um agravante é que, diferentemente de álcool e drogas, esse ainda é um campo desconhecido. https://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia

28.JOGO BALEIA AZUL

BALEIA AZUL

O desafio da Baleia Azul é um game on-line que teria sido criado na Rússia. Só existe em grupos fechados nas redes sociais e em sites obscuros. O jogo dura 50 dias e propõe desafios perversos às crianças e adolescentes participantes, como automutilação. O último desafio é tirar a própria vida.

http://politica.estadao.com.br

29.INTERNET: NOTÍCIAS FALSAS– AS NOTÍCIAS FALSAS (FAKE NEWS)

NOTICIAS FALSAS

O poder do fake news foi visto durante a campanha presidencial norte-americana, no ano passado, em que grupos fora dos Estados Unidos fizeram uma avalanche de notícias mentirosas contra a democrata Hillary Clinton.

Depois disso, gigantes da internet, como Facebook e Google, demonstraram preocupação com os efeitos desse tipo de conteúdo e prometeram mais investimentos para combater as notícias falsas. http://epoca.globo.com/tecnologia

30.SAÚDE: OBESIDADE

OBESIDADE

A cada cinco brasileiros, um está obeso. Mais da metade da população está acima do peso. O país que até pouco tempo lutava para combater a fome e a desnutrição, agora precisa conter a obesidade. Indicadores  mostram que, nos últimos 10 anos, a prevalência da obesidade no Brasil aumentou em 60%, passando de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016. O excesso de peso também  subiu de 42,6% para 53,8% no período. https://g1.globo.com/bemestar/noticia

31.A PRECARIEDADE DA EDUCAÇÃO NO BRASIL

EDUCAÇÃO BB

Os desafios enfrentados pelo Brasil na educação básica são enormes. Para alcançarmos as metas estabelecidas pelo Plano Nacional de Educação (PNE), será preciso ampliar o atendimento, melhorar a qualidade e reduzir as desigualdades entre escolas e redes de ensino público. http://www.estadao.com.br/noticias

32.MAUS-TRATOS CONTRA ANIMAIS

ANIMAIS

A Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema) da Polícia Civil do Pará afirma que, em média, por semana, 20 denúncias de maus-tratos contra animais são recebidas na delegacia. http://g1.globo.com/pa/para/noticia

33.PEDOFILIA

PEDOFILIA

Cerca de 1,1 mil policiais civis de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal estão nas ruas nesta sexta-feira 20, em uma megaoperação contra a pedofilia. A operação Luz na Infância é resultado de uma investigação de seis meses coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça, em parceria com secretarias de segurança regionais e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. http://veja.abril.com.br/brasil/megaoperacao-contra-pedofilia

34.REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENA

MAIORIDADE.jpg

Tema recorrente pelo menos uma vez por ano no Congresso Nacional, a redução da maioridade penal volta a ser discutida no Congresso Nacional. Dessa vez, a proposta que está pautada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado para esta quarta feira, 06, é a PEC 33/2012, do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP).  Dentre os crimes que motivariam a redução, estão os elencados na contestada lei de crimes hediondos, bem como os crimes contra a vida e casos de reincidência de roubo. O tráfico de drogas foi excluído do rol pelo atual relator da matéria na comissão, Ricardo Ferraço (PSDB-ES). Se aprovada na CCJ, o que é provável diante da maioria conservadora, a matéria passará por votação no Plenário. http://justificando.cartacapital.com.br/2017/09/05/reducao-da-maioridade-penal

35.IDEOLOGIA DE GÊNERO

IDEOLOGIA DE GENERO

A polêmica vem desde 2014, quando durante a tramitação no Congresso Nacional do PNE (Plano Nacional de Educação), que dita as diretrizes e metas da educação para os próximos dez anos, a questão de gênero foi retirada do texto.

A Ciência da Persuasão

PERSUASÃO

Há pessoas que parecem ter o dom de convencer os outros sem que tenham que se esforçar muito. São capazes de pedir favores, de efetuar vendas ou de angariar fundos com aparente facilidade. Para os restantes, aqueles que são persuadidos, tal capacidade parece quase que “mágica”, como fazendo parte da personalidade dessas pessoas e sendo por isso inatingível para os restantes. É por isso natural que muitas vezes se fale na “arte da persuasão”, porque a arte é algo que se desenvolve e cultiva, mas que dificilmente se aprende. Anos passados em escolas artísticas não tornam qualquer um em pintor famoso; ou se tem arte, ou não se tem! Mas este pensamento aplicado à persuasão está errado! A persuasão não é uma arte, é uma ciência, ou melhor, um ramo de uma ciência que se chama psicologia!

        Os processos de influência e persuasão já são estudados desde a Grécia Antiga, com a Retórica de Aristóteles como referência máxima, mas continuam ainda hoje a fascinar os investigadores na área das ciências sociais particularmente na área da psicologia social. Estudar os mecanismos os quais levam a que alguém esteja em melhores condições para persuadir, ou ser persuadido, tem sido preocupação de vários investigadores cujos trabalhos desmistificaram a ideia da persuasão como uma arte controlada por uns poucos, e a colocaram em um patamar científico e disponível para ser aprendida por qualquer pessoa.

     Um desses psicólogos sociais é Robert Cialdini, professor na Universidade Estatal do Arizona . Cialdini tem sido um dos investigadores mais envolvidos com as dinâmicas da persuasão e da influência social sendo um dos nomes mais respeitados em nível acadêmico nesse campo. Este autor é, sobretudo, reconhecido pela sua definição dos 6 princípios base que são inerentes a qualquer tentativa de persuasão.
.

DE ACORDO COM CIALDINI OS 6 PRINCÍPIOS DA PERSUASÃO SÃO:

  • RECIPROCIDADE – este princípio define que as pessoas estão mais dispostas a anuir com algum pedido quando algo lhes foi “dado” em primeiro lugar;

  • CONSISTÊNCIA – as pessoas sentem-se mais dispostas a atuar de certa forma se encararem isso como sendo consistente com o seu comportamento prévio;

  • AUTORIDADE – de acordo com este princípio, a autoridade ou perícia percebida do comunicador é um fator importante para que as pessoas se sintam dispostas a concordar ou fazer algo;

  • VALIDAÇÃO SOCIAL – quanto mais “popular” for percebido ser um comportamento, maior será a tendência para que alguém se comporte dessa forma;

  • ESCASSEZ – a atratividade de um dado objeto/serviço/situação é inversamente proporcional à sua disponibilidade;

  • ATRAÇÃO – as pessoas estão mais dispostas a ajudar ou concordar com aqueles de quem gostam, têm uma relação de amizade, por quem se sentem atraídos ou consideram ser similares a si.

Essas  estratégias de persuasão de sucesso se enquadram em, ou em mais, destes princípios.

 

Possíveis temas: redação ENEM 2016

Bullying: Brasil cria lei para lidar com a violência na escola

bullying

Em novembro de 2015, o Brasil aprovou a Lei 13.185, considerado um marco jurídico de combate ao bullying é a primeira lei nacional que tem como objetivos prevenir a prática da intimidação sistemática no país e combatê-la. A lei federal não é inédita. Alguns Estados e vários municípios já possuíam leis voltadas para combater esse tipo de agressão na escola.

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

mudancas-climaticas

A Conferência do Clima de Paris (COP 21) aprovou o Acordo de Paris, o primeiro tratado internacional sobre clima de caráter universal, no qual todos os seus signatários possuirão compromissos de redução de emissões a partir de 2020, num esforço concentrado para limitar o aquecimento global bem abaixo dos 2 graus Celsius neste século, preferencialmente em 1,5 grau Celsius.

MANIFESTAÇÃO POLÍTICA

manifestacoes

Os protestos no Brasil em 2015-2016 são manifestações populares que ocorreram em diversas regiões do Brasil tendo como principais objetivos protestar contra o Governo Dilma Rousseff e a corrupção.

INJÚRIA RACIAL

racial

http://g1.globo.com/

Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 140 – Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro:

  • 3oSe a injúria consiste na utilização de elementos referentes à raça, à cor, à etnia, à religião, à origem ou à condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência: (Redação dada pela Lei nº 10.741, de 2003)

Pena – reclusão de um a três anos e multa. (Incluído pela Lei nº 9.459, de 1997) http://www.jusbrasil.com.br/

SITUAÇÃO ATUAL DO INDÍGENA NO BRASIL

indio

A Comissão Especial da Demarcação de Terras Indígenas aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/2000, que transfere do Executivo para o Legislativo a palavra final sobre a demarcação de terras indígenas. O texto é encarado pelos diversos povos tradicionais brasileiros e ativistas como uma ameaça aos direitos indígenas. http://www.cartacapital.com.br/

CRISE DE REFUGIADOS

refugiados

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) declarou hoje em Genebra que a crise dos refugiados sírios exige “uma subida exponencial da solidariedade mundial”. Ele falou na abertura de uma conferência visando a encontrar países de acolhimento.

“Estamos aqui para responder à maior crise de refugiados e deslocados do nosso tempo”. “Isso exige uma subida exponencial da solidariedade mundial”.

MOBILIDADE URBANA

mobilidade-urbana

  A Lei nº 12.587/2012, que tem como objetivos melhorar a acessibilidade e a mobilidade das pessoas e cargas nos municípios e integrar os diferentes modos de transporte. A legislação, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, foi sancionada em janeiro e dá prioridade a meios de transporte não motorizados e ao serviço público coletivo, além da integração entre os modos e serviços de transporte urbano.

sustentabilidade

O consumo sustentável representa um salto qualitativo de complexa realização, na medida em que agrega um conjunto de características que articulam temas como equidade, ética, defesa do meio ambiente e cidadania, enfatizando a importância de práticas coletivas como norteadoras de um processo que, embora englobe os consumidores individuais, prioriza as ações na sua dimensão política.

GERAÇÃO DE ENERGIA

energia

A participação de fontes renováveis na matriz energética brasileira pode ser de pelo menos 60% até 2040, conforme prevê o Projeto de Lei do Senado (PLS)712/2015, do senador Cristovam Buarque (PPS-DF). A proposta foi acolhida na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e segue para a Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), onde será votada em decisão terminativa.

OLIMPÍADAS

olimpiadas

 O Brasil está ansioso para receber os jogos Olímpicos 2016 no Rio de Janeiro, apesar de ser uma cidade desenvolvida repleta de belezas naturais conhecidas por todos tem suas vantagens e desvantagens, não só para a cidade esse é um evento que para o bem ou para o mal mudará a imagem do País as olhos do Mundo inteiro.

OBESIDADE

obesidade

A Organização Mundial de Saúde aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. A projeção é que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso; e mais de 700 milhões, obesos. O número de crianças com sobrepeso e obesidade no mundo poderia chegar a 75 milhões, caso nada seja feito.

DST

dst

O Brasil registrou, em 2015, recorde no número de pessoas em tratamento de HIV e AIDS: 81 mil brasileiros começaram a se tratar no ano passado, um aumento de 13% em relação a 2014, quando 72 mil pessoas aderiram aos medicamentos.

Projeto de Lei da Câmara nº 146, de 2015

Institui o Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita, a ser comemorado no terceiro sábado do mês de outubro…

ATENTADOS TERRORISTAS

atentados-terrristas

Se buscarmos a origem da expressão “terrorismo” vamos encontrá-la no latim: terrere (tremer) e deterrere (amedrontar). Assim, fazer tremer e amedrontar são as motivações que fundamentam as ações terroristas. O professor Celso de Albuquerque Mello nos ensina que o terrorismo implica “técnicas de grupos que contestam o sistema, visando geralmente à mudança de governos, ou é usada por aqueles que pretendem chamar atenção da opinião pública para determinado fato, ou ainda por aqueles que pretendem defender o sistema vigente.”

DEPRESSÃO

depressao

A depressão caracteriza-se como uma doença em que ocorrem desequilíbrios químicos dos chamados neurotransmissores. Essas substâncias são responsáveis por transportar as informações pela rede de neurônios de nosso cérebro – incluindo as sensações de prazer, serenidade, d

VIOLÊNCIA NOS ESTÁDIOS

violencia-nos-estadios

A violência nos estádios um tema latente. Sugiro que o candidato analise as causas dessa violência e utilize exemplos para fundamentar argumentos e propor soluções. Problematizar o assunto proposto e sugerir soluções são exigências da prova aos candidatos, previstas no edital.

MAUS TRATOS AOS ANIMAIS

animais

Questão difundida nas redes sociais. Os alunos  devem abordar o tema de maneira criativa, falando não só sobre animais domésticos, mas também citando tráfico de animais silvestres e as condições de abate a que são submetidos animais criados para consumo.

NOVOS MODELOS DE EDUCAÇÃO NO BRASIL

modelos-de-educacao

O Brasil possui em pauta novos modelos de educação no século XXI. Tudo isto se deve as novas tecnologias e acessos à educação e informação, muito mais fáceis de encontrar no mundo web. Tudo isto está retratado no polêmico documentário “Quando sinto que já sei”.

Novos modelos de educação têm sido discutidos na sociedade, como escola em tempo integral, novo currículo, novas atividades e interdisciplinaridade, entre outros assuntos. É importante conhecer mais sobre essas propostas, além de saber as principais deficiências do modelo atual de ensino.

VOLUNTARIADO E TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS

voluntariado

O trabalho voluntário no Brasil tem passado por uma transformação. Não se pensa mais no voluntariado como assistencial (doação de roupas, alimentos e agasalhos, por exemplo), mas como uma tentativa de mudança social, através de medidas inclusivas e de impacto. Outro ponto a ser considerado é a valorização que as empresas fazem de candidatos e funcionários que realizam trabalhos voluntários, assim como próprios projetos sociais realizados pelas empresas para contribuição à sociedade ou marketing.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

alimentacao-saudavel

Será que as pessoas estão optando por se alimentar melhor pela sua saúde ou apenas para adquirir um corpo mais bonito? Como muitas pessoas dão mais valor ao ter do que ao ser. O que nos leva a pensar que muitas pessoas estão se alimentando melhor apenas para TER um corpo melhor.

ESPAÇOS DE CONVIVÊNCIA

espaco-de-convivencia

Nos últimos anos, temos observado que os espaços de convivência têm sido cada vez mais fechados, como shoppings, lanchonetes etc. enquanto que os espaços públicos, como praças, têm perdido seu uso social. Pense sobre as causas e consequências dessa transformação.

ENDEMIAS, EPIDEMIAS E PANDEMIAS X DESENVOLVIMENTO SOCIAL

epidemia

Nos últimos meses, acompanhamos o avanço de várias doenças, como a Zika e a Chikungunya, é quase inevitável que o Enem exija que os candidatos estejam atualizados a respeito disto. O próprio Enem sempre cobra temas relacionados a doenças e suas respectivas medidas profiláticas, e você deve se preparar para isso. Mas outro ponto importante a ser analisado é como a má distribuição de recursos, falta de investimentos em educação e saneamento básico e as desigualdades sociais podem inferir num aumento de tais problemas.

INCLUSÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

inclusao-i

LEI Nº 13.146, DE 6 DE JULHO DE 2015.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA – Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1o  É instituída a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência), destinada a assegurar e a promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, visando à sua inclusão social e cidadania.

O LIMITE DA ESTÉTICA E DA SAÚDE

estetica-e-saude

A valorização de um padrão de beleza causa preocupação de muitas pessoas pela sua estética. Academias, cirurgias plásticas e dietas são exemplos disso. Em muitas pessoas, isso também causa doenças como anorexia e outras complicações. É importante analisar a relação e os limites entre a estética e a saúde.

JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS

justica-com-as-proprias-maos

Tema bastante polêmico em 2014 e que pode ser discutido com mais imparcialidade este ano. O combate à violência através da justiça com as próprias mãos é válido? Definições de justiça, casos de linchamentos, rebeldia com a ordem e segurança públicas são alguns pontos que abordam essa temática.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO E MÍDIA

liberdade-de-expressao

Tema bastante atual, a liberdade de imprensa tem sido muito discutida, principalmente após o ataque à revista francesa Charlie Hebdo em 2015. Pode-se refletir sobre os limites entre liberdade de expressão e respeito às diferenças ou respeito à verdade.

ATIVISMO NAS REDES SOCIAIS

ativismo

As redes sociais têm sido usadas para movimentar causas sociais. Desde campanhas e curtidas até o agendamento de manifestações na rua. Esse fenômeno merecer ser estudado para refletir se é benéfico e se realmente traz modificações e reflexos na vida real.

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

maioridade-penal

A redução da maioridade penal foi tema da audiência Pública na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal nesta quinta-feira (11/08/2016). A Secretária Especial de Direitos Humanos, Flávia Piovesan, participou do encontro para instruir Proposta de Emenda à Constituição (PEC 33/2012),  que têm por objetivo a Redução da Maioridade Penal.

AUTOMEDICAÇÃO NO BRASIL

automedicacao

O Brasil possui uma cultura histórica de automedicação familiar, sendo esta associada ao crescente fluxo informacional. Isto acarreta em uma falsa sensação de autonomia diagnóstica. O tema da redação poderá explorar este assunto e caberá ao candidato ter domínio sobre o mesmo. Informações com dados, números podem ser um diferencial ao confeccionar o texto.

A RECONSTRUÇÃO DO PROFESSOR COMO FERRAMENTA SOCIAL BRASILEIRA

professor-i

Pode ser que seja solicitada uma proposta de texto com relação à reinvenção contemporânea da escola, que antes era apenas provedora de informação e hoje orienta como lidar com a sociedade do conhecimento. Assim, o candidato poderá  abordar no texto todos os aspectos históricos e atuais que fizeram acontecer e/ou chegar a esta reconstrução da figura do professor.

POLÍTICAS DE PREVENÇÃO A DESASTRES AMBIENTAIS NO BRASIL

mariana

As cidades de Mariana  e Cubatão ratificam despreparo histórico com questões ligadas à sustentabilidade, frequentemente negligenciadas involuntária ou intencionalmente pelo Poder Público, ocasionando desastres ambientais de grandes proporções. Por ser um tema bastante atual e de grande repercussão, poderá estar na proposta de redação do Enem 2016.

INCLUSÃO SOCIAL

inclusao-social

Destacam-se, neste momento, os Movimentos de Inclusão como recorte dos direitos humanos. “Eles estão muito em evidência. Os direitos da mulher já foram abordados, o de refugiados imigrantes, idosos, mas há outros, como a participação inclusiva das comunidades (favelas) no conjunto da sociedade, tema que vimos na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos.”

REDES SOCIAIS X RELAÇÕES INTERPESSOAIS E FAMILIARES

redes-sociais

Para escrever sobre este tema, você já tem que ter estudado a globalização, para ter uma boa base para sua argumentação. As redes sociais alcançam novas famílias a passos largos. Antes, apenas os jovens se interessavam em manter-se conectados, mas hoje, até mesmo pessoas de outras gerações, encantadas com a facilidade para comunicação oferecida, são estimuladas a aderirem às redes sociais. Porém, as relações pessoais “corpo a corpo” são prejudicadas pelo seu uso desenfreado.

O FENÔMENO DA TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA NO BRASIL

demografia

A transição demográfica no Brasil tem sido muito mais acelerada do que nos países desenvolvidos, não se diferenciando, entretanto, do que vem passando outros países latino-americanos e asiáticos. Um bom indicador tem sido o rápido declínio da fecundidade. Comparando o Brasil com a França e a Itália, observa-se um expressivo diferencial nas respectivas taxas de fecundidade total, já no início do século passado, e que, nos dois países europeus, tiveram um declínio muito mais suave nos cem anos seguintes, sendo que a suas transições demográficas já tinham se iniciado no século anterior.

 

 

Emprego do adjetivo na dissertação

faciletrando

         O texto dissertativo argumentativo tem  como característica uma linguagem precisa, objetiva e a predominância da denotação. Por isso, o candidato deve ter cuidado com o emprego do ADJETIVO, pois essa classe gramatical , além de ser valorativa,  ainda tem o problema de sua posição se antes ou depois do substantivo. Se antes, o nível de linguagem   é a conotação, logo é mais permissivo no que se refere à interpretação; se depois é denotativo, prevalecendo a objetividade na linguagem.

Emprego dos numerais na redação

IMAGEM FACILETRANDO REDAÇÃO

      A redação dissertativa argumentativa pode ser enriquecida com dados estatísticos, índices percentuais e datas históricas. Por isso, você precisar saber a maneira correta de grafar os números em seu texto a fim de não comprometer a COMPETÊNCIA 1.

1.Na escrita, não se deve iniciar frases com algarismo, mas com o numeral escrito por extenso.

2 policiais salvaram a criança. ( errado)

Dois policiais salvaram a criança. ( correto)

2.A mesma regra deve ser aplicada aos numerais percentuais. No início de frase deve-se empregar sessenta por cento e não 60%.

3.Com referência ao primeiro dia do mês, prefere-se o numeral ordinal:

Hoje é primeiro de abril.

4.Em textos, os numerais devem ser escritos por extenso quando constituírem uma só palavra. Quando constituírem mais de uma palavra, devem ser grafados em algarismo.

Faz dez anos que ouço aquela atriz dizer que em 32 anos.

5.Com “cerca de” e “aproximadamente” deve-se utilizar números redondos – 300, 50- e jamais usar – cerca de 55 alunos compareceram à aula.

6.Não se usa o cardinal “um” antes de mil.

A passagem ficou em mil reais.

7.ao utilizar os numerais milhão e milhar, deve-se empregar o artigo masculino, a fim de adequá-lo ao gênero de ambos.

Os dois milhões serão pagos.

8.Ambos ( ambas) é chamado de numeral dual, porque se refere a dois seres.

Os Estados Unidos e a Inglaterra têm os mesmo interesses: ambos acham que é mais importante a guerra nas estrelas do que combater a miséria dos países pobres.

9.Se após o numeral ambos vier um substantivo, deve-se usar o artigo definido.

Ambas as alunas foram picadas pelas abelhas africanas.

10.Na escrita das horas, convencionou-se colocar o símbolo de cada unidade após o numeral que a indica, sem espaço ou ponto.

12h56min7s

11.Quando indicam ano, não se separa as centenas do ilhar nem por ponto nem por espaço.

1988             2015                       1836

 12.Quando se enumera leis, decretos, artigos, portarias e outros textos oficiais, emprega-se o numeral ordinal até o nono e o cardinal a partir de dez:

Lei 7ª                    artigo 43

 13.Usa-se AO, A ou EM – com relação a datas.

Aos cinco dias de junho comemora-se o meio ambiente.

Em cinco de junho comemora-se o meio ambiente.

No dia cinco de junho comemora-se o meio ambiente.

 

Correlação entre os tempos verbais na redação

ENEM 2016

Quando se constrói uma determinada frase, os verbos que ela apresenta estabelecem entre si certas correlações, de tal forma que se ajustem, convenientemente, no que se refere às variadas possibilidades de uso dos tempos e modos verbais.

Observe, por exemplo, a frase:

Se elas voltassem, eu ficaria feliz.

O uso da forma voltassem, que é uma hipótese, uma condição, implica o emprego da forma ficaria, que, no contexto da frase, expressa uma possibilidade dependente da realização – ou não – do fato contido em voltassem.

A essa articulação temporal entre duas formas verbais dá-se o nome de CORRELAÇÃO VERBAL.

Veja como, na frase acima, a correlação não estaria adequada se, em lugar de ficaria, usássemos, por exemplo, ficarei.

Se elas voltassem, eu ficarei feliz.

Observe que a forma ficarei estabelece correlação com outra forma do verbo voltar.

Se elas voltarem, eu ficarei feliz.