O Escritor

estreladomar3

        Um escritor, que morava numa praia tranquila, junto a uma colônia de pescadores. Todas as manhãs ele passeava à beira-mar, para se inspirar, e de tarde ficava em casa, escrevendo.

          Um dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Quando chegou perto, era um jovem pegando na areia as estrelas do mar, uma por uma, e jogando novamente de volta ao oceano.

  • Por que você esta fazendo isso? – perguntou o escritor.
  • Você não vê? – disse o jovem. – A maré está baixa e o sol está brilhando. Elas vão secar no sol e morrer, se ficarem aqui na areia.
  • Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praia por esse mundo afora, e centenas de milhares de estrelas do mar, espalhadas pelas praias. Que diferença faz? Você joga umas poucas de volta ao oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma.
  • O jovem pegou mais uma estrela na areia, jogou de volta ao oceano, olhou para o escritor e disse:
  • Para essa, eu fiz diferença.

Naquela noite o escritor não conseguiu dormir nem sequer conseguiu escrever. De manhãzinha foi para a praia. Reuniu-se ao jovem e juntos começaram a jogar estrelas do mar de volta ao oceano.

         Espero que você seja um dos que querem fazer deste Universo um lugar melhor devido à sua presença. Assim sendo, aguardo a sua chegada para juntos podermos jogar estrelas do mar de volta ao oceano.

                                                                                                           (Lair Ribeiro)

 

Anúncios

O amor está no ar

12

Em uma relação, há momentos de discussões por qualquer coisa;

Batalhas verbais que muitas vezes terminam com portas batendo e vozes alteradas,

ameaças – graças a Deus – nunca cumpridas.

E depois, apaixonadas, irremediáveis reconciliações…

Os  casais crescem juntos: podem intuir uma luz vermelha,

um sinal de alerta em uma conversa difícil;

e as palavras se tornam mais sábias e prudentes.

Mas, às vezes, que bom é franzir a cara,

dar as costas,

só para voltar e cair um nos braços do outro, jurando este amor incondicional, eterno…

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!!!!!!!!!!

 

A Lista

INTERROGAÇÃO

Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos …
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha…
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre…
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora…
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver …
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber …
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?

                                                                    ( OSWALDO MONTENEGRO)

                                   

Para você que teve um dia árduo

Todos têm um dia penoso.

PESONOSO

São dias que parecem nada dá certo, e você se sente um lixo,

lixo

não tem vontade de nada,

NADA

sente-se sozinho, desamparado no mundo

MUNDO

e, literalmente, sem rumo.

RUMO

São dias que você se sente diminuto, insignificante,

INSIGNIFICANTE

Os sonhos, ah! os seus sonhos parecem que são irrealizáveis.

IMPOSSIVEL

Recomeçar parece impossível.

FARDO

Em um dia como este você é compelido a achar que nada vale a pena, nem mesmo seus sonhos. E cabisbaixo segue adiante carregando o seu fardo.

ELEFANTE

Um conselho! Siga, mas carregue a esperança em seu coração, pois ao virar uma esquina você poderá se surpreender.

FLORES

E, eis que o sol voltará a aquecer o seu coração,

SOL

dissipando a tristeza, a solidão, a insignificância. Entretanto, não se esqueça de tirar desse dia uma lição: você não foi só tristeza, só pequenez, desânimo, mas foi, sobretudo,  forte, pois seguiu adiante e se permitiu ver um novo dia e voltar a sonhar. Lembre-se de que  nossa vida é nutrida pelo  SONHO.

Boa Sorte!!!

Zamira

 

Drágeas de Saúde

SAÚDE

Obstáculos?

Trabalhe sempre.

Problemas?

Ação discreta.

Provocações?

Aceite-as.

Ofensas?

Perdoe.

Tribulações?

Paciência.

Mágoas?

Esqueça.

Discórdias?

Pacifique.

Males?

Persevere o bem.

Incompreensões?

Entendamos.

Fracasso?

Recomece.

Conflitos no lar?

Tolerância.

Solidão?

Ampare alguém.

Dificuldades?

Siga  adiante.

Maledicência?

Silêncio.

Perturbações?

Mais calma.

Cansaço?

Renove-se

Perigo iminente?

Oração.

Reclamações?

Servir mais.

Adversários?

Respeite-os

Tempestades na vida?

Confie em Deus.

                                                                                                     Francisco Cândido Xavier.

REMÉDIO DE BASE

ORAÇÃO

É possível que você esteja caído em profundo desânimo, por estar sofrendo:

a falta de alguém;

a incompreensão de amigos;

o frio da solidão;

o conflito de ideias;

acusações indébitas;

desajustes no trabalho;

dívidas agravadas;

prejuízos em negócios;

doenças no próprio corpo;

moléstias em família;

complexos de culpa;

reprovações e críticas;

sensação de abandono;

lutas e desafetos;

deserções de entes caros;

e obsessões ocultas…

       Seja qual for, porém, a sua prova , erga a cabeça, ponha os olhos no ALTO e retome a tarefa em que deva servir, confiando-se a DEUS, porque DEUS proverá e em DEUS qualquer problema achará solução.

                                                                                                  Francisco Cândido Xavier

PAZ POR DENTRO

PAZ

Aceita a fatalidade do progresso.

Trabalha e segue adiante.

Medita na necessidade dos outros.

Procura colocar-te no lugar do próximo, exercitando compreensão.

Não guarde ressentimentos.

Auxilia para o bem geral quanto te faça possível.

Atende às próprias obrigações

Não tentes felicidade fora da consciência tranquila.

Observa que não estás sem motivo em teu grupo familiar.

Honra os encargos que abraçaste.

Ama sem o cativeiro das afeições possessivas.

Agradece o carinho que recebes sem exigi-lo.

Estuda e melhora-se para ser mais útil.

Não intentes transformar a ninguém pela força.

Ampara sem reclamar retribuição.

Atravessa as dificuldades com paciência.

Não zombes dos sentimentos alheios.

Não peças para que outrem caminhe com teus passos.

Habitua-te a simplicidade e à disciplina.

Suporta com calma aquilo que não possas modificar.

Usa o descanso apenas como pausa para mais trabalho.

Não te queixes.

Não percas tempo com atividades inúteis.

Conserva, quanto possível, os contatos com a natureza.

Abençoa todos os companheiros, sem lamentar os que se afastem de ti.

Não te voltes para trás.

Evita pessimismo.

Recorda sempre que a esperança é uma luz eterna.

Não te envaideças com vantagens que são empréstimos de Deus.

Considera por vitória o desempenho dos próprios compromissos.

Cultiva equilíbrio e serenidade.

Foge a qualquer forma de violência.

Aceita a realidade de que possuis unicamente aquilo que constróis por amor.

Entrega-te a Deus, na oração, cada dia.

Desse modo, terás contigo a paz por dentro e assim pacificarás.

                                                                                                                  Francisco Cândido Xavier

 

 

 

APRENDI COM O MESTRE DOS MESTRES

O MESTRE

Aprendi com o Mestre dos Mestres que a arte de pensar é o tesouro dos sábios. Aprendi um pouco mais a pensar antes de reagir, a expor – e não impor – minhas ideias e a entender que cada pessoa é um ser único no palco da existência.

Aprendi com o Mestre da Sensibilidade a navegar nas águas da emoção, a não ter medo da dor, a procurar um profundo significado para a vida e a perceber que nas coisas mais simples e anônimas se escondem os segredos da felicidade.

Aprendi com o Mestre da Vida que viver é uma experiência única, belíssima, mas brevíssima. E, por saber que a vida passa tão rápido, sinto necessidade de compreender minhas limitações e aproveitar cada lágrima, sorriso, sucesso e fracasso como uma oportunidade preciosa de crescer.

       Aprendi com o Mestre do Amor que a vida sem amor é um livro sem letras, uma primavera sem flores, uma pintura sem cores. Aprendi que o amor acalma a emoção, tranquiliza o pensamento, incendeia a motivação, rompe obstáculos intransponíveis e faz da vida uma agradável aventura, sem tédio, angústia ou solidão. Por tudo isso Jesus Cristo se tornou, para mim, um Mestre Inesquecível.

Augusto Cury

Parabéns

PRESENTE

Que o amor seja tão intenso…
Que suporte a rotina inevitável.
Que seja como o céu… Imenso…
E não veja no outro os defeitos… Insuperáveis.

Que seja este sentimento muito forte…
Para que cada dia apague uma agonia.
Que saiba navegar para o norte…
Quando ao sul… Apresenta-se com ventania.

Que com o passar do tempo…
Seja cego para que não veja tudo.
Que possa com sabedoria… Como o vento…
Varrer com força e para longe o luto.

Que dois sejam sempre um…
E que um possa ser sempre dois…
Para que assim o gosto amargo do rum…
Apague o gosto do feijão com arroz.
E que sejam os dois… Quando necessário…
Surdos… Mudos e cegos…
Pois só assim… Ambos solidários…
Não ferirão ferozmente o EGO.

Desejo a vocês, neste novo ano , muita paz, amor e saúde!

PARA TODOS NÓS

NATAL

De Cora Coralina para todos nós:

“Enfeite a árvore de sua vida
com guirlandas de gratidão!
Coloque no coração laços de cetim rosa,
amarelo, azul, carmim.
Decore seu olhar com luzes brilhantes
estendendo as cores em seu semblante.
Em sua lista de presentes
em cada caixinha embrulhe
um pedacinho de amor,
carinho,
ternura,
reconciliação,
perdão!
Tem presente de montão
no estoque do nosso coração
e não custa um tostão!
A hora é agora!
Enfeite seu interior!
Seja diferente! 
Seja reluzente!”

Cora Coralina