Soneto de separação

PRANTO

De repente do riso fez-se o pranto

Silencioso e branco como a bruma

E das bocas unidas fez-se a espuma

E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

 

De repente da calma fez-se o vento

Que dos olhos desfez a última chama

E da paixão fez-se o pressentimento

E do momento imóvel fez-se o drama.

 

De repente, não mais que de repente

Fez-se de triste o que se fez amante

E de sozinho o que se fez contente.

 

Fez-se do amigo próximo o distante

Fez-se da vida uma aventura errante

De repente, não mais que de repente.

MORAES, Vinícius de.

 

       Em seus inúmeros poemas que tematizam o amor, a influência da poesia camoniana é, extremamente, forte e pode ser percebida na tentativa de analisar o amor, como também na estrutura, dando preferência para o soneto como forma poética de se expressar, e ao utilizar a antítese para expor as contradições pertinentes a esse sentimento, conferindo ao soneto vida nova à forma antiga, povoando de ecos camonianos o estilo de tão poucos poetas estreados depois da guerra.

      Como um mestre no manejo da linguagem, Vinícius de Moraes cultivou tanto o requinte e a elegância dos jogos verbais, em um estilo engenhoso e muitas vezes solene, usou versos curtos, direto e incisivo, corrigindo os excessos de sua escrita.

      Nesse poema, Vinícius apresenta o amor em suas múltiplas manifestações: felicidade, pranto, drama, entrega, espanto, paixão. Com essa postura o poeta intuiu o fim do patriarcalismo nas relações afetivas do Brasil e soube cantar uma nova concepção sentimental, mais concreta, mais livre de preconceitos, mais atento às mulheres. O Soneto da Separação destruiu noções como o da eternidade do amor – dogma do patriarcalismo.

      O amor aqui é apresentado como um sentimento poderoso e fugaz. É essa a ideia central do Soneto de Separação, em que as antíteses mostram o impacto da perda do amor na vida das pessoas: o riso torna-se pranto, traz a dor, a tristeza. A tragédia, que provoca espanto, é constatar que toda essa transformação em um relacionamento acontece de repente, em um breve instante, como bem atesta o autor em seu último verso: “De repente, não mais que de repente.”

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Soneto de separação

  1. Esta obra é de autoria de Vinicius de Moraes qu foi além de poete, dramaturgo, jornalista,diplomata, cantor e compositorbrasileiro, nascido em 19 de outubro de 1913 e faleceu em 09 de julho de 1980.

    Poete Lirico notabilizou-se pelos seus sonetos. Este soneto “Soneto da Separação”, temos claramente a influência da poesia camoniana, poesia lírica de Camões que tem como principais temasa discussão sobre o amor e o destino do ser humano.

    Vinicius de Moraes colecionou inumeros poemas que tratavam do amor, tentando sempre analiza-lo, escolhendo o soneto como estrutura de formapoética para se expressar. Também neste soneto utilizou, para expor o sentimento amor, a forma de antitese e suas contradições.

    Trouxe assim vida nova à uma forma antiga, povoando de luz caminiano o estilo de tão poucos poetas pós primeiraa guerra mundial, nas decadas de 20 e 30.

    O poéta utilizou com muita habilidade o requinte e a elegância dos jogos verbais, usando um estilo solene e engenhoso, vérsos curtos, diretos e incicivos, corrigindo os excessos de sua escrita.

    Aqui neste soneto, o amor foi apresentado em multiplas manifestações: felicidade, pranto, drama, entrega, espanto, paixão entre outros. Como na época as relações afetivaseram predominatemente patreiarcais, onde se pregava a eternidade do amor, o poeta tenta quebrar este dogma mostrando que o amor facilmente pode deixar de existir em um único instante, livre de amarras morais, preconceitos ou culpa.

    Então o amor torna outra postura, aqui neste soneto ele é forte e fulgaz, este é o centro do soneto, o que é uma copisa agora, em outro momento é outra, “De repente, não mais que de repente”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s