Análise o Trovador

MÁRIO

No poema de abertura do livro, o eu lírico anuncia-se como trovador, numa alusão aos poetas da Idade Média que perambulavam pelos castelos, entoando versos acompanhados por um alaúde, instrumento de cordas usado em canções eruditas.

O trovador

Sentimentos em mim do asperamente
dos homens das primeiras eras…
As primaveras de sarcasmo
intermitentemente no meu coração arlequinal…
Intermitentemente…
Outras vezes é um doente, um frio
na minha alma doente como um longo som redondo…
Cantabona! Cantabona!
Dlorom…

Sou um tupi tangendo um alaúde!

(Poesias Completas, Mário de Andrade, edição de Tatiana Longo Figueiredo e de Telê Ancona Lopez, Nova Fronteira, 2013)

O poema parece difícil de ser lido. No entanto, conseguimos captá-lo melhor, se pensarmos em cada verso como se fosse um trecho de melodia musical. Assim, a leitura de um depois do outro causa a sobreposição sonora, criando a impressão de música.

Essa elaboração formal do poema, que embaralha frases distintas, vem junto de outro aspecto: a harmonização de elementos opostos, já que o poeta sente em si, assim como percebe na paisagem, traços que são contraditórios: o calor primitivo das “primeiras eras”, preservado na civilização brasileira, por exemplo, no pensamento indígena, e o frio, que pode ser entendido como referência ao clima europeu, também formador da identidade de nosso país.

Retomando esses dois elementos, o verso “Cantabona! Cantabona!” remete ao som da batida dos tambores indígenas e “Dlorom…”, ao harpejo das cordas do alaúde europeu, fazendo soar os opostos formadores de nossa civilização, sintetizados no verso final – “Sou um tupi tangendo um alaúde!”

*Cristiane Rodrigues de Souza é doutora pela USP

Anúncios

2 comentários sobre “Análise o Trovador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s