TÉCNICA DCD

CONSELHOS

DUVIDE: de tudo aquilo que controla sua emoção e conspira contra sua vida.

CRITIQUE: a passividade do EU. Critique seu conformismo e reflita sobre as causas de seus conflitos.

DETERMINE: ser alegre, seguro, feliz. Dê um choque de lucidez em sua emoção, arquive novas experiências. seja autor e não vítima de sua história.

DESABAFO

coração

Terra árida, inóspita.

Assim é meu coração

quando cai uma semente

é incapaz de fecundar um embrião

       
coração 2

Terra ressequida e mal cuidada.

Assim é meu coração

sedenta de carinho,  proteção

de cuidado, de compreensão.

coração 3  

Terra esperando  chuva

para curá-la e devolver sua fertilidade.

Assim é meu coração

À procura de regeneração.

coração 3

 

Terra de sol causticante.

Assim é meu coração

sempre e sempre trepidante

em busca de algo que o encante.

                                                                                                  Zamira

O SONHO

SONHO

Será que foi sonho?

Será que sonhei?

Como sonhei, não sei.

Sei bem que é um sonho meu.

Sonhei sozinha

De repente sonhei contigo

No sonho, eu te abracei.

Agora são dois sonhos

O sonho não é só meu

O meu sonho é sonho teu

Tu e eu sonhando

O mesmo sonho teu…

Tu entraste no meu sonho

Vi que o nosso sonho valeu.

Concretiza-se um sonho

O dele, o meu e o teu…

Não é sonho só nosso

Viver no amor de DEUS.

                                                                                                                           Zamira

NÃO ESPERE…

 Não espere um sorriso para ser gentil.

     Não espere a enfermidade para valorizar a saúde.

     Não espere se tornar rico para ajudar o próximo.

     Não espere a solidão para valorizar quem está ao seu lado

     Não espere…

     Não espere a tristeza para valorizar a alegria.

     Não espere o conflito para valorizar a paz.

     Não espere o problema para valorizar a oração.

     Não espere a queda para valorizar um conselho.

     Não espere…

     Não espere a fome para valorizar o alimento.

     Não espere a sede para valorizar a água.

     Não espere a seca para valorizar a chuva.

     Não espere a escuridão para  valorizar a luz.

     Não espere ficar de luto para reconhecer quem hoje é importante para você.

     Não espere… Não espere… Não espere…

     Que estas ideias estejam sempre acesas em sua mente.

  Zamira

VELA

ESTRELAS

estrela iiestrela iiestrela ii

Todos nós somos estrelas, tentando iluminar a escuridão.

Todos os dias, incansavelmente, buscamos significados,

Significados que nos conduzam a seguir a nossa estrada

Ás vezes,  larga e clara,

Ás vezes,  estreita e escura.

Todos nós somos estrelas, buscando iluminar a escuridão.

Heróis  e heroínas sem  plateia, sem aplausos e sem holofotes

Mas, não precisamos, por que dentro de nós temos tudo isso.

A cada passo, a cada pequena vitória, nós nos regozijamos.

Porque somos sobreviventes.

ZAMIRA

CONJECTURA

ampulheta_animada

Já dizia um poeta: O tempo é como uma cadeira ao sol.

Contudo,  ele não deixa marca somente no exterior.

Mas modela no homem o seu interior.

Tornando- o  destemido e, às vezes, superior

O tempo…  O tempo… Quão poder ele tem!!!

 Deixa marcas indeléveis em todo o seu corpo

Desde um individualista a um filantropo.

Para ele não há distinção, porque é essa sua missão.

Mas a sua força e seu poder vão muito mais além

Pois, advém dele também a  generosidade.

Já que substitui a inconsequente  espontaneidade.

Pela consciente  responsabilidade.

A impulsividade cede lugar para um ser imperturbável

E assim ele vai redesenhando a humanidade

e instalando em cada ser a paz e a tranquilidade.

Apresento-lhe  o senhor das transformações. O TEMPO.

Zamira

PROVÁVEIS TEMAS ENEM 2015

DENGUE

DENGUE

A dengue sempre foi um problema de saúde no Brasil. Mas, segundo o Ministério da Saúde, em 2015 o país teve um aumento expressivo na quantidade de casos da doença e já registra mais de 220 casos de dengue por hora. Entre os dias 1º de janeiro e 18 de abril, o país registrou 745,9 mil casos de dengue, um aumento de 234,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

DEFICIENTE

DIREITOS DO DEFICIENTE

Para reduzir a falta de acessibilidade a essas pessoas, a presidente Dilma Rousseff sancionou, em julho de 2015, o Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei Nacional Nº13.146). Trata-se de um conjunto de leis que garantem benefícios e medidas para maior igualdade e para inclusão na sociedade de pessoas com deficiência. A previsão é que as leis entrem em vigor em janeiro de 2016.

ESTÉTICA

Os limites que separam estética e saúde são demarcados por linhas tênues e nem sempre fáceis de localizar, mas abusar do bom senso é palavra de ordem para se evitar um “bombardeio” de informações, aponta o médico Darci Duarte. “Em primeiro lugar existe o bom senso para evitar patologias. É preciso ter condições físicas e psicológicas.” O educador físico Diego Silvestre de Barros concorda. Segundo ele, em se tratando de cuidados com a saúde, é fundamental que cada pessoa faça uma auto avaliação e procure um profissional especializado para, juntos, definirem um plano de ação seguro e eficaz.

ESPORTE

ESPORTE NO BRASIL: FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL OU MERITOCRACIA EXCLUDENTE?

A inserção do esporte no artigo 6º da Constituição Federal brasileira seria de suma importância para a sociedade em geral, pois como um direito social garantido constitucionalmente, teria sua prática fomentada não só pelo Estado como pela sociedade empresária.

A prática de esportes não é apenas um símbolo de cuidado com a saúde. Os esportes têm sido, cada vez mais, uma ferramenta de integração e inclusão social. Durante a prática esportiva, crianças e jovens aprendem muito mais que as técnicas que envolvem o esporte. Aprendem a ter respeito pelas regras e pelos outros jogadores, agregam o entendimento, o convívio com o coletivo, a resoluções de conflitos, o esforço e responsabilidade.

FOME

O FLAGELO DA FOME

A crise econômica prejudicou o combate à fome, que afeta 795 milhões de pessoas, segundo um relatório anual da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado na quarta (27-5-2015), e que registou queda nos números globais. De acordo com a última edição do relatório da ONU O Estado da Insegurança Alimentar no Mundo 2015, estima-se que caiu para 795 milhões o número de pessoas com fome no mundo, 10 milhões a menos do que o registrado no ano passado e 167 milhões a menos do que na década passada. 72 entre 129 dos países monitorados – atingirem a meta do Objetivo de Desenvolvimento do Milênio de reduzir para a metade a prevalência de desnutrição em 2015, enquanto as regiões em desenvolvimento falharam por uma margem reduzida.

INTELIGENCIA ARTIFICIAL

INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS

A inteligência artificial pode muito bem ser classificada como um grande avanço do homem em prol da humanidade, pois junto com ela vieram grandes melhorias na qualidade de vida e também inúmeros progressos em diversas áreas da tecnologia.
O exemplo de IA mais conhecido e utilizado atualmente são os smartphones.
Atualmente, a robótica pode ainda ser de grande ajuda em outras áreas da tecnologia, hoje já temos robôs capazes de realizar cirurgias complexas com maior exatidão que um médico.

VIOLENCIA NO ESPORTE

ESPORTE E SOCIALIZAÇÃO X INTOLERÂNCIA E VIOLÊNCIA

Se o esporte é um fenômeno social e a ele se aplicam as leis de funcionamento da sociedade que é conflituosa, a organização do esporte também assim o será. “Se as relações de poder e domínio imperam no funcionamento da sociedade, o mesmo acontecerá no funcionamento do mundo esportivo” (FERRANDO E BASSOLS apud Balbino, Miotto e Santos, 1997, 92 pg.).

REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO  ASSISTIDA

Nos quatro meses de 2015, dois fatos mostraram que o nascimento de quíntuplos está se tornando mais comum: os Estados Unidos registrou seu primeiro caso de quíntuplos do sexo feminino, no Texas, e no Brasil, uma moradora de Santos, no litoral de São Paulo, deu à luz a cinco bebês. Os métodos de reprodução assistida estão cercados de dilemas éticos. Por exemplo, no caso da doação de gametas há questões sobre a forma como os gametas são obtidos (pagamento ou não pagamento do doador), a questão do anonimato ou não, os possíveis danos psicológicos dessas crianças.

QUALIDADE

TERCEIRA IDADE

Uma pesquisa do Banco Mundial prevê que em 2050 o número de brasileiros com mais de 65 anos deve saltar dos atuais 20 milhões para 65 milhões – ou seja, será três vezes maior. “Hoje estamos envelhecendo cada vez mais e melhor. Isso se deve a diversos fatores, como melhoria da qualidade de vida e avanço da medicina”, destaca Rita Khater, professora de Psicologia Social da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas

SUSTENTABILIDADE

SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL

Além de respeitar o meio ambiente, a sustentabilidade empresarial tem a capacidade de mudar de forma positiva a imagem de uma empresa junto aos consumidores. Com o aumento dos problemas ambientais gerados pelo crescimento desordenado nas últimas décadas, os consumidores ficaram mais conscientes da importância da defesa do meio ambiente. Cada vez mais os consumidores vão buscar produtos e serviços de empresas sustentáveis.

BULLYNG

A presença de casos de bullying em escolas brasileiras aumentou de 5% para 7%, segundo pesquisa do Ministério da Saúde e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) O levantamento apontou ainda que 20,8% dos estudantes já praticaram algum tipo de bullying contra os colegas e que a prática é proporcionalmente maior entre os meninos do que entre as meninas.      (21/05/2015 17h14 – Atualizado em 21/05/2015 18h18G1)

CLIMA

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS AMEAÇAM SAÚDE HUMANA

Os autores do trabalho, cientistas europeus e chineses, consideram que “o risco potencial” do aquecimento do planeta para a saúde dos seres humanos tem sido subestimado.

O documento, divulgado em junho de 2015, diz que o impacto direto das alterações climáticas na saúde das pessoas resulta da maior frequência e intensidade de eventos meteorológicos extremos, como ondas de calor, inundações, secas e tempestades.

LIBERDADE

VIOLAÇÕES À LIBERDADE DE EXPRESSÃO

ART. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX – É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.

PROVÁVEIS TEMAS DE REDAÇÃO – ENEM 2015 PARTE I

VIOLENCIA CONTRA A MULHER

FEMINICÍDIO E VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

 A presidente Dilma Rousseff aprovou a lei que tipifica o feminicídio e torna mais duras as penas para quem comete esse crime. Enquadra-se na lei o homicídio de mulher por violência doméstica e familiar ou menosprezo e discriminação por gênero.

LEI Nº 13.104, DE 9 DE MARÇO DE 2015.

Altera o art. 121 do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal, para prever o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio, e o art. 1º da Lei no 8.072, de 25 de julho de 1990, para incluir o feminicídio no rol dos crimes hediondos.

INTOLERANCIA

INTOLERÂNCIA

A intolerância é inadmissível em se tratando de uma humanidade tão evoluída – o homem que criou desde uma ferramenta de pedra, manipulou o metal, criou a roda, o papel, a imprensa, a vacina e tantos outros inventos – o ser humano foi e é capaz de avançar cada vez mais objetivando, a qualidade de vida. O homem prosperou em seus conhecimentos, mas desconhece o significado de SER HUMANO. Por isso, devemos buscar agora a essência humana dizendo NÃO ao etnocentrismo, a xenofobia, a homofobia, o racismo, o preconceito religioso.

VOLUNTÁRIO

. O NOVO VOLUNTARIADO E AS TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS

Hoje em dia o pensamento de voluntariado como assistencial já não faz mais tanto sentido, a mudança tem sido em relação a uma tentativa de mudança social, através de medidas inclusivas e de impacto. Outro aspecto a ser considerado é a valorização que as empresas fazem de candidatos e funcionários que realizam trabalhos voluntários.

DOAÇÃO

O deputado distrital Cristiano Araújo (PTB) apresentou e aprovou uma lei que isenta do pagamento de despesas com funeral aqueles que doarem órgãos e tecidos no DF. Somente no primeiro semestre de 2008, de 94 potenciais doadores falecidos identificados no DF durante o primeiro semestre, apenas 13 se tornaram efetivos.

O número representa 29,8% das causas de não efetivação da doação no período analisado segundo a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). O deputado acredita que o baixo número de doadores ocorre devido à falta de incentivo e de informação. “As famílias precisam perder o preconceito, saber mais sobre esse tema. A doação de órgãos  e tecidos pode salvar muitas vidas”, afirma.

Quando a lei 4.101/08 entrou em vigor, 1.859 pessoas aguardavam na fila por um transplante no Distrito Federal. No primeiro semestre de 2010 segundo o Ministério da Saúde, o DF está em 3º lugar, no índice de doadores do país (16,8 para cada 1 milhão).

O deputado distrital Cristiano Araújo (PTB) apresentou e aprovou uma lei que isenta do pagamento de despesas com funeral aqueles que doarem órgãos e tecidos no DF. Somente no primeiro semestre de 2008, de 94 potenciais doadores falecidos identificados no DF durante o primeiro semestre, apenas 13 se tornaram efetivos.  27 de setembro dia mundial da doação de órgãos

desigualdade

O Brasil é um dos países mais desiguais, em muitos aspectos, a étnica e a de gênero costumam ser as mais discutidas, assim como os preconceitos gerados por essa situação, respectivamente, racismo e machismo.

ELETRICIDADE

CRISE ENERGÉTICA

O Brasil registrou em janeiros os 10 maiores picos de consumo de energia da história do Brasil onde em fevereiro acontecerem apagões em 10 estados brasileiros. Com estes apagões que acorrem desde 2013 o Brasil acaba sofrendo problemas diversos na economia. Vale dar uma lida nestes assuntos e se aprofundar um pouco.

JUSTIÇA

Tema bastante polêmico em 2014 e que pode ser discutido com mais imparcialidade esse ano. O combate à violência através da justiça com as próprias mãos é válido? Definições de justiça, casos de linchamentos, rebeldia com a ordem e segurança públicas são alguns pontos que abordam essa temática.

TRANSPORTE

A QUESTÃO DO TRANSPORTE URBANO NO BRASIL

A disseminação da onda de protestos e manifestações que marcou o ano de 2013 no Brasil é representativa do descontentamento da sociedade – ou de parte dela – para com o transporte público. Mais do que simplesmente insatisfeita com o aumento do preço das passagens, a população também se queixa da qualidade dos serviços prestados em todo o país.

O transporte público no Brasil estrutura-se, principalmente, pela utilização de ônibus, além de metrôs e trens, em algumas cidades ou regiões. De acordo com a Constituição Federal, o serviço deve ser administrado e mantido pelos municípios, mas os investimentos devem ser realizados também pelos estados e pelo Governo Federal.

TRÁFICO

O PROBLEMA DO TRÁFICO DE PESSOAS

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) alertou hoje (30), Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, que as ações implementadas por governos e organismos internacionais para coibir este crime ainda são pouco efetivas, apesar de ser um dos que mais violam direitos humanos no mundo. O órgão pediu mais engajamento para desmantelar as redes internacionais de crime organizado e também para prestar maior assistência às vítimas.

(Publicado 30/07/2015 http://www.redebrasilatual.com.br/)

REDES SOCIAIS

ATIVISMO EM REDES SOCIAIS

As redes sociais têm sido usadas para marcar protestos, para questionar projetos de leis polêmicos e reivindicações têm sido feitas através de abaixo-assinado online. Essa é uma nova forma de participação política.

COTAS

A LEI DE COTAS NAS UNIVERSIDADES

No dia 29 de agosto, a Lei 12.711/2012 (Lei das Cotas nas Universidades) completou três anos. A medida é resultado de uma longa mobilização dos movimentos sociais negros para ampliar o acesso da população negra ao ensino superior.

Até agora, de acordo com projeção da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – Seppir, a medida já ofertou aproximadamente 150 mil vagas para negros. O número exato de vagas ofertadas em 2015 estará disponível apenas em 2016.

CINTO DE SEGURANÇA

CINTO DE SEGURANÇA PODE SALVAR VIDA

Entenda abaixo por que não usar o cinto de segurança no banco traseiro pode ser fatal, segundo o Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária):

– Em caso de batida a 50 km/h, um adolescente de 50 kg que está no banco traseiro pode ser arremessado na direção dos bancos dianteiros com um peso aproximado de 1,25 tonelada;

– Com esse arremesso, pode haver esmagamento dos passageiros da frente contra seus próprios cintos de segurança, que travarão no momento da batida;

– Objetos soltos nos bancos traseiros também provocam os mesmos riscos aos ocupantes da frente. Deixe-os no assoalho, no porta-malas ou nos porta-objetos apropriados;

– O transporte de animais soltos nos bancos traseiros também não é recomendado. Além de haver o risco de distração do motorista devido à movimentação do animal, pode haver risco aos ocupantes dos bancos dianteiros em caso de batida;

– O uso de objetos que afrouxem o cinto de segurança, como presilhas, também é proibido, além de aumentar o risco de ferimentos graves.

PARTO

A PRÁTICA DO PARTO HUMANIZADO

Quando se fala em humanização da assistência ao parto, há muito mais em jogo do que a beleza das instalações e a gentileza no trato com as parturientes. Envolve também uma mudança de atitude: respeitar os desejos das mulheres.

“Existem dois tipos de humanismo: humanismo superficial, no qual o quarto é bonito e a mãe é tratada de maneira amável, mas a taxa de intervenções não diminui, e o humanismo profundo no qual a profunda fisiologia do nascimento é honrada”, observa a antropóloga norte-americana Robbie Davis-Floyd num artigo publicado pela revista Midwifery Today em 2007.

Mas a que intervenções exatamente ela se refere? Os procedimentos hospitalares realizados rotineiramente durante o parto são necessários para ajudar no processo natural, de modo a garantir a manutenção da saúde da mãe e do bebê.

PROFESSOR

O PROFESSOR DO SÉCULO XXI?

Por Gilberto Teixeira
Professor da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP)

Os professores precisam adquirir novas competências e habilidades para que os alunos possam aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser – aprendizagens fundamentais salientadas por Delors no Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI (1999). Essas competências e habilidades estão, primordialmente, vinculadas às seguintes esferas: pedagógica (relacionada à utilização de recursos discursivos facilitadores da aprendizagem), gerencial (concernente aos procedimentos estruturais para o desenvolvimento de atividades educacionais) e técnica (ligada à transparência tecnológica do conjunto formado pelo sistema, software e interface selecionados).

ÁGUA

ÁGUA E CRISE NO SISTEMA HÍDRICO

Na virada do século, em 2001, o especialista em recursos hídricos Marcos Freitas, então diretor da Agência Nacional das Águas (ANA), foi convidado por uma revista a fazer projeções sobre o futuro do Brasil e como seria a vida dos brasileiros em 2015. À época, a resposta de Freitas pareceu um tanto esdrúxula: o país, mesmo tendo o maior volume de água doce do planeta, viveria uma grave crise hídrica.

DOMÉSTICA

PEC DAS DOMÉSTICAS

Você sabia que o dia da Empregada Doméstica é 27 de abril? Ultimamente, tem-se feito jus a essa profissão não por ser tema de novela global, mas pela aprovação da Lei Complementar que regulamenta as novas regras do contrato de trabalho doméstico, aprovadas pela Proposta de Emenda Constitucional (PEC) das domésticas.

MULHER SOCIEDADE

A TRANSFORMAÇÃO DO PAPEL DA MULHER NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

No Brasil, o feminismo se manifesta tardiamente, apesar das primeiras duas décadas do século XX serem palco de uma breve emergência do movimento caracterizado, principalmente, nas greves de 1917, na Semana de Arte Moderna de 1922 e, nesse mesmo ano, na fundação do Partido Comunista do Brasil. 

Nesse período tem grande destaque Patrícia Rehder Galvão, de apelido Pagú. Escritora, jornalista e militante do Partido Comunista defendia a participação ativa da mulher na sociedade e na política – e foi a primeira brasileira do século 20 a ser presa política.

Hoje, a figura da mulher, de elemento secundário, passou a ser algo extremamente importante na sociedade atual, onde ela exerce cada vez mais um papel de protagonista, embora ainda sofra com as heranças históricas do sistema social patriarcalista em seu dia a dia. Com o tempo, graças às lutas promovidas, a mulher vem conseguindo aumentar o seu espaço nas estruturas sociais, abandonando a figura de mera dona de casa e assumindo postos de trabalho, cargos importantes em empresas e estruturas hierárquicas menos submissas.

MAIORIDADE

Devido ao grande debate sobre o assunto nos últimos meses, o projeto proposto pela Câmara Federal para a redução da maioridade penal, pode ser tema de redação do Enem 2015. Aliado aos debates que estamos vendo quase que semanalmente e por ser um tema muito controverso, acreditamos ser possível cair sobre este tema na redação do ENEM 2015.

De olho no ENEM 2015 – Alemanha está comemorando 70 anos de libertação da tirania nazista

GUERRA

Sua libertação se deu no dia 8 de maio de 1945, a comemoração não se restringe apenas à Alemanha, mas toda a Europa. Carlos Drummond de Andrade com o seu senso de humanidade, esperança e justiça, que lhe era peculiar, previu esse feito como atesta a última estrofe da ” Carta a Stalingrado”:

“As cidades podem vencer, Stalingrado!
Penso na vitória das cidades, que por enquanto é apenas uma fumaça subindo do Volga.
Penso no colar de cidades, que se amarão e se defenderão contra tudo.
Em teu chão calcinado onde apodrecem cadáveres, 
a grande Cidade de amanhã erguerá a sua Ordem.”

DRUMMMMM

CARTA A STALINGRADO

Stalingrado

Depois de Madri e de Londres, ainda há grandes cidades!
O mundo não acabou, pois que entre as ruínas 
outros homens surgem, a face negra de pó e de pólvora, 
e o hálito selvagem da liberdade 
dilata os seus peitos, Stalingrado,
seus peitos que estalam e caem, 
enquanto outros, vingadores, se elevam.

A poesia fugiu dos livros, agora está nos jornais.
Os telegramas de Moscou repetem Homero.
Mas Homero é velho. Os telegramas cantam um mundo novo
que nós, na escuridão, ignorávamos.
Fomos encontrá-lo em ti, cidade destruída, 
na paz de tuas ruas mortas mas não conformadas,
no teu arquejo de vida mais forte que o estouro das bombas, 
na tua fria vontade de resistir.

Saber que resistes.
Que enquanto dormimos, comemos e trabalhamos, resistes.
Que quando abrimos o jornal pela manhã teu nome (em ouro oculto) estará firme no alto da página.
Terá custado milhares de homens, tanques e aviões, mas valeu a pena.
Saber que vigias, Stalingrado,
sobre nossas cabeças, nossas prevenções e nossos confusos pensamentos distantes
dá um enorme alento à alma desesperada
e ao coração que duvida. 

Stalingrado, miserável monte de escombros, entretanto resplandecente!
As belas cidades do mundo contemplam-te em pasmo e silêncio.
Débeis em face do teu pavoroso poder, 
mesquinhas no seu esplendor de mármores salvos e rios não profanados,
as pobres e prudentes cidades, outrora gloriosas, entregues sem luta, 
aprendem contigo o gesto de fogo.
Também elas podem esperar.

Stalingrado, quantas esperanças!
Que flores, que cristais e músicas o teu nome nos derrama!
Que felicidade brota de tuas casas!
De umas apenas resta a escada cheia de corpos; 
de outras o cano de gás, a torneira, uma bacia de criança.
Não há mais livros para ler nem teatros funcionando nem trabalho nas fábricas, 
todos morreram, estropiaram-se, os últimos defendem pedaços negros de parede,
mas a vida em ti é prodigiosa e pulula como insetos ao sol,
ó minha louca Stalingrado!

A tamanha distância procuro, indago, cheiro destroços sangrentos,
apalpo as formas desmanteladas de teu corpo,
caminho solitariamente em tuas ruas onde há mãos soltas e relógios partidos,
sinto-te como uma criatura humana, e que és tu, Stalingrado, senão isto?
Uma criatura que não quer morrer e combate, 
contra o céu, a água, o metal, a criatura combate,
contra milhões de braços e engenhos mecânicos a criatura combate,
contra o frio, a fome, a noite, contra a morte a criatura combate, 
e vence.

As cidades podem vencer, Stalingrado!
Penso na vitória das cidades, que por enquanto é apenas uma fumaça subindo do Volga.
Penso no colar de cidades, que se amarão e se defenderão contra tudo.
Em teu chão calcinado onde apodrecem cadáveres, 
a grande Cidade de amanhã erguerá a sua Ordem.

Do livro Rosa do Povo (1945). In Carlos Drummond de Andrade. Poesia e Prosa. Rio de janeiro, Editora Nova Aguilar, 1983