GOTAS DE SABEDORIA

images

OS LENHADORES

             Conta-se que um jovem lenhador ficara impressionado com a eficácia e rapidez com que um velho e experiente lenhador da região onde morava, cortava e empilhava madeira das árvores que derrubava. O velho lenhador era um homem tranqüilo, saudável, bem relacionado com todos e era tido como uma pessoa de coração bom, além de ser considerado o melhor lenhador de toda a redondeza.

           O jovem admirava-o e o seu desejo permanente era de, um dia, tornar-se tão bom, senão melhor, que aquele homem, no ofício de cortar madeira.

              Certo dia, aquele jovem, finalmente, decidiu ir procurar o velho lenhador no propósito de aprender com quem mais sabia, e assim tornar-se o melhor lenhador que aquela cidadezinha já tinha ouvido falar. Passados alguns dias daquele aprendizado, o jovem resolvera que já sabia tudo e que aquele velho não era tão bom quanto falavam. Sendo assim, o jovem decidira afrontar o velho lenhador, desafiando-o para uma disputa: em um dia de trabalho, quem cortaria mais árvores. Aquele velho lenhador aceitou, sabendo que seria mais uma oportunidade de dar uma lição no jovem arrogante. E assim fizeram. Reuniram testemunhas, formaram comissão julgadora, organizaram torcidas, delimitaram as áreas onde seriam cortadas as árvores e, no dia escolhido para o confronto, lá se foram os dois decidirem quem seria o melhor.

            De um lado, o jovem, forte, robusto e incansável, mantinha-se firme, cortando as suas árvores. Do outro, o velho lenhador, desenvolvendo o seu trabalho, silencioso, tranquilo, também firme e sem demonstrar nenhum cansaço.

            Num dado momento, o jovem olhou para trás a fim de ver como estava o velho lenhador e qual a sua surpresa, ao vê-lo sentado. O jovem riu e pensou: “Além de velho e cansado, está ficando tolo; por acaso não sabe ele que estamos numa disputa?” E assim, ele prosseguiu cortando lenha sem parar, sem descansar um minuto.

           Ao final do tempo estabelecido, encontraram-se os dois e os representantes da comissão julgadora foram efetuar a contagem e medição e, para admiração de todos, foi constatado que o velho havia cortado quase duas vezes mais árvores que o jovem desafiante.

           Este, espantado e irritado, ao mesmo tempo, indagou-lhe qual o segredo para cortar tantas árvores, se, uma ou duas vezes que parara, apenas para olhar, vira-lhe sentado bem tranquilo, enquanto que ele não parou um só minuto. O velho, sabiamente, lhe respondeu:

   “ – Todas as vezes que você me via assentado, eu não estava simplesmente parado, descansando;  eu estava amolando o meu machado!”

 DICAS PARA REFLEXÃO:

O que é amolar o machado?

  • Repensar as ações e estruturas internas.
  • Dar uma parada nas áreas de trabalho, possibilitando maior e melhor reflexão dobre o desempenho das tarefas do dia a dia.
  • Treinar…treinar…treinar – buscar o autodesenvolvimento.
Anúncios

TRÊS FILTROS

filtros

Pai e filho, na tentativa de purificar a água que utilizavam em casa, resolveram construir três filtros a carvão. Depois de prontos, fizeram o teste e o pai comentou:

     “ – Veja como a água está limpa! Todas as impurezas ficam nos filtros. O sujo que consegue passar por um , fica no outro ou no outro e o resultado final é maravilhoso!”

     A mãe, ouvindo o comentário do esposo, aproveitou a oportunidade e disse:

     “ – Há, também, três filtros que podemos construir dentro de nós, e são aquilo que de mais precioso alguém pode ter, ao pensar que está ajudando ou prejudicando alguém. E não precisa ser de carvão. São os filtros da VERDADE, da BONDADE (ou amor) e da UTILIDADE. Assim como você, meu filho, viu o resultado do uso do filtro de carvão, um dia vou lhe mostrar o que acontece quando utilizamos esses outros filtros que carregamos dentro de nós.

        Passado algum tempo, um dia, o menino, voltando da escola, veio comentar com a mãe um fato, num tom sensacionalista.

        “ – Mãe, sabe o que disseram da família do Nelsinho?”

       “ – Bem, meu filho, chegou a hora de usar os três filtros internos de que lhe falei naquele dia. Comecemos com o filtro da VERDADE: você tem certeza de que o que vai me contar é verdade?”

        “ – Bem… não sei, não… só estou repetindo o que disseram.”

       “ – Agora, vamos passar pelo filtro da BONDADE: se isso que estão falando fosse algo acerca da nossa família, você gostaria que fosse espalhado, contado?”

      “ – Ah! Não! Se fosse com a nossa família, de jeito nenhum!”

     “ – Finalmente, usemos o filtro da NECESSIDADE: você acha útil e necessário passar essa notícia adiante?”

     “ – Não, mamãe. Pois é… agora compreendo os nossos três filtros internos e procurarei lembrá-lo sempre.”

  “ Nenhuma qualidade nos proporcionará mais amigos do que a disposição para admitir as qualidades dos outros, ao invés de divulgar as suas fraquezas. Por que disseminar uma fofoca, quando podemos – utilizando, no momento, os três filtros – eliminá-la?”

                                                                     Autor desconhecido.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

MÃOS

Mãos dadas  

Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro. 
Estou preso à vida e olho meus companheiros.
Estão taciturnos, mas nutrem grandes esperanças. 
Entre eles, considero a enorme realidade. 
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.

pessoas_maos_dadas

 

Não serei o cantor de uma mulher, de uma história,
não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela,
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida, 
não fugirei para as ilhas nem serei raptado por serafins. 
O tempo é a minha matéria, do tempo presente, os homens presentes, 
a vida presente.          

                                               Carlos Drummond de Andrade

Solidariedade

VÍCIOS DE LINGUAGEM

aula 2

VÍCIOS DE LINGUAGEM

      Vício de linguagem é qualquer infração que se faça às normas vigentes do idioma que falamos.

       Para efeito didático, podemos sistematiza-los em dez tipos diferentes.

 1.BARBARISMOS: são todos os erros de pronúncia, grafia ou forma de palavras. Os mais frequentes barbarismos são as cacoépias, as cacografias, os estrangeirismos, os hibridismos.

Exemplos: rúbricas em vez de rubrica

                 excessão em vez de exceção

 abóboda em vez de abóbada

                  cidadões em vez de cidadãos

troféis em vez de troféus.

 CACOÉPIA: é qualquer erro de pronúncia. Quando se trata de erro de pronúncia pela deslocação do acento tônico, chama-se vulgarmente silabadacôndor, em vez de condor, nóbel em vez de  nobel etc.

 CACOGRAFIA: é qualquer erro de grafia (troca de letras, divisão silábica incorreta, etc.):  Magestoso, em lugar de majestosoxuxu, em vez de chuchu etc.

 ESTRANGEIRISMOS: são palavras, expressões ou frases estrangeiras empregadas indevidamente em nossa língua. Conforme a procedência, dividem-se em: francesismos ou galicismos, anglicismos, italianismos, castelhanismos ou espanholismos.

 HIBRIDISMO: são palavras malformadas, por conterem elementos de línguas diferentes: poliforme (poli-, grego, e forma, latim); hipermercado (grego e latim).

       Há inúmeros hibridismos que o uso constante já consagrou e hoje figuram no dicionário: televisão, do grego e latim; automóvel, sociologia etc.

      São barbarismo também a troca de parônimos ( iminente por eminente, tráfico por tráfego, descrição por discrição, despensa por dispensa etc.)

 2.SOLECISMOS: são erros de sintaxe, isto é, de concordância, de regência ou de colocação.

Houveram muitos problemas, em vez de Houve muitos problemas.

Ele visava uma posição melhor na empresa em vez de Ele visava a uma posição melhor na empresa.

Este artigo é para mim ler? Em vez de Este artigo é para eu ler?

 3.ARCAÍSMOS: são palavras ou expressões que já caíram em desuso.

boticário por farmacêutico, entonces por então, vosmecê por você.

 4.PLEBEÍSMOS: são palavras ou expressões triviais ou de gíria. Os plebeísmos não podem ser tolerados na língua culta, pois espelham imediatamente grosseria, falta de instrução:

Exemplos:  Fiquei besta… , O Corcovado é um troço.

 5. PLEONASMO: é a repetição de palavras ou expressões sem que haja necessidade, nem intenção expressiva.

Andava com os pés cautelosamente.

Entrou, imediatamente, para dentro.

Observação: Trata-se aqui, é claro, do pleonasmo vicioso, não do que se usa como recurso intencional de estilo.

 6.AMBIGUIDADE OU ANFIBOLOGIA: é a construção de período malfeito que permite mais de uma interpretação.

 “Como vai a cachorra da sua mãe?”
(Que cachorra? A mãe ou a cadela criada pela mãe?)

“O rapaz comeu maçã e sua prima também”.
(Ah, não entendi, quem comeu o quê?)

 7.CACÓFATO OU CACOFONIA: é o som desagradável ou palavra de sentido ridículo, resultante da união de sílabas de palavras vizinhas:

 Recentemente, um jornal cearense deu a seguinte manchete:
“Quadrilha explode banco e usa escudo humano”

.8.HIATO: é o acúmulo de vogais produzindo efeito desagradável:

Já há alguns anos…

Sou eu ou ainda é o outro?

9.ECO: é a rima na prosa.

O superior dava valor ao seu inferior.

Neste momento tenho um sentimento de contentamento.

 10.COLISÃO: é a sucessão desagradável de consoantes iguais.

Eram comunidades camponesas com cultivos coletivos.

 11.PRECIOSISMO – É a linguagem afetada, artificial, cheia de sutilezas e vazia de ideias:

“A formosa donzela com os olhos marejados de lágrimas, lia febril a epístola de sua genitora”. (em vez de: A bela moça, com lágrima nos olhos, lia a carta de sua mãe).

 12.NEOLOGISMO: consiste na criação desnecessária de palavras novas. Também se considera que há neologismo quando se atribui uma significação nova a uma palavra já existente no léxico.

Era um homem extremamente vaidoso, um verdadeiro metrossexual.

Perguntado se iria se transferido, o funcionário afirmou que não, pois ele era imexível.

Vou descolar um emprego.

REFLEXÃO …

DEUS

DEUS TEM A RESPOSTA

Você diz: “Isso é impossível”

Deus diz: “Tudo é possível” (Lucas 18:27)

Você diz: “Eu já estou cansado”
Deus diz: “Eu te darei o repouso” (Mateus 11:28-30)

Você diz: “Ninguém me ama de verdade”
Deus diz: “Eu te amo” (João 3:16 & João 13:34)

Você diz: “Não tenho condições”
Deus diz: “Minha graça é suficiente” (II. Corintos 12:9)

Você diz: “Não vejo saída”
Deus diz: “Eu guiarei teus passos” (Provérbios 3:5-6)

Você diz: “Eu não posso fazer”
Deus diz: “Você pode fazer tudo” (Filipenses 4:13)

Você diz: “Estou angustiado”
Deus diz: “Eu te livrarei da angustia” (Salmos 90:15)

Você diz: “Não vale a pena”
Deus diz: “Tudo vale a pena” (Romanos 8:28)

Você diz: “Eu não mereço perdão”
Deus diz: “Eu te perdôo” (I Epistola de São João 1:9 & Romanos 8:1)

Você diz: “Não vou conseguir”
Deus diz: “Eu suprirei todas as suas necessidades” (Filipenses 4:19)

Você diz: “Estou com medo”
Deus diz: “Eu não te dei um espírito de medo” (II. Timóteo 1:7)

Você diz: “Estou sempre frustrado e preocupado”
Deus diz: “Confiai-me todas as suas preocupações” (I Pedro 5:7)

Você diz: “Eu não tenho talento suficiente”
Deus diz: “Eu te dou sabedoria” (I Corintos 1:30)

Você diz: “Não tenho fé”
Deus diz: “Eu dei a cada um uma medida de fé” (Romanos 12:3)

Você diz: “Eu me sinto só e desamparado”
Deus diz: “Eu nunca te deixarei nem desampararei” (Hebreus 13:5)

DEUS I

É POSSÍVEL

RECOMEÇAR 7

Não importa onde você parou…
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e
necessário “Recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?
foi aprendizado…

Chorou muito?
foi limpeza da alma…

recomeçar 6

Ficou com raiva das pessoas?
foi para perdoá-las um dia…

Sentiu-se só por diversas vezes?
é porque fechaste a porta até para os anjos…

Acreditou que tudo estava perdido?
era o início da tua melhora…

Pois é…agora é hora de reiniciar…de pensar na luz…
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal
Um corte de cabelo arrojado…diferente?
Um novo curso…ou aquele velho desejo de aprender a
pintar…desenhar…dominar o computador…
ou qualquer outra coisa…

recomeçar I

Olha quanto desafio…
quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te
esperando.

Tá se sentindo sozinho?
besteira…tem tanta gente que você afastou com o
seu “período de isolamento”…
tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu
para “chegar” perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza…
nem nós mesmos nos suportamos…
ficamos horríveis…
o mal humor vai comendo nosso fígado…
até a boca fica amarga.

Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos
desafios.

RECOMEÇAR II

Onde você quer chegar?
ir alto…sonhe alto… queira o
melhor do melhor… queira coisas boas para a vida…
pensando assim trazemos para nós aquilo que desejamos…
se pensamos pequeno…
coisas pequenas teremos…

já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente
lutarmos pelo melhor…
o melhor vai se instalar na nossa vida.
E é hoje o dia da faxina mental…
joga fora tudo que te prende ao passado… ao mundinho
de coisas tristes…

fotos…peças de roupa, papel de bala…ingressos de
cinema, bilhetes de viagens…
e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados…
jogue tudo fora… mas principalmente…
esvazie seu coração… fique pronto para a vida…
para um novo amor…

recomeçar

Lembre-se somos apaixonáveis…
somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes…
afinal de contas…
Nós somos o “Amor”…

” Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do
tamanho da minha altura.”

                                                                        Paulo Roberto Gaefke

RENOVE COMO AS BORBOLETAS

borboletas

Retrato do artista quando coisa

                                                           Manoel de Barros

A maior riqueza
do homem
é sua incompletude.
Nesse ponto
sou abastado.

borboleta I

   Palavras que me aceitam
como sou
— eu não aceito.
Não aguento ser apenas
um sujeito que abre
portas, que puxa
válvulas, que olha o
relógio, que compra pão
às 6 da tarde, que vai
lá fora, que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.

borboletas_001

Perdoai. Mas eu
preciso ser Outros.
Eu penso
renovar o homem
usando borboletas

HOMENAGEM AO GRANDE POETA, MANOEL DE BARROS

manoel de barros 2 MANOEL DE BARROS

        A literatura perdeu hoje ( 13-11-2014), mais um grande escritor, Manoel de Barros. Aos 97 anos morre em Campo Grande um dos principais poetas brasileiros. Nascido em Cuiabá em 1916.

manoel de barros 4

OBRAS:
Manoel de Barros publicou seu primeiro livro, “POEMAS CONCEBIDOS SEM PECADO”, em 1937. Sua última obra, “ESCRITOS EM VERBAL DE AVE”, foi publicada em 2011. Em novembro do ano passado  foi lançada pela  editora Leya a obra completa do  poeta, com título de “A BIBLIOTECA DE MANOEL DE BARROS”. São, ao todo, 18 volumes. A edição especial incluiu um poema até então inédito, “A turma” (2013), o último escrito pelo autor. A coleção conta com cinco livros infantis feitos pelo poeta.
Poemas concebidos sem pecado (1937 )
Face imóvel (1942 )
Poesias (1956)
Compêndio para uso dos pássaros (1960)
Gramática expositiva do chão  (1966 )
Matéria de poesia (1974  )
Arranjos para assobio (1982 )
Livro de pré-coisas  (1985 )
O guardador  das águas (1989 )
Poesia quase toda  (1990 )
Concerto a céu aberto para solos de aves (1991 )
O livro das ignorãças ( 1993 )
Livro sobre nada (Ilustrações de Wega Nery) (1996 )
Retrato do artista quando coisa (1998 )
Exercícios de ser criança (1999 )
Ensaios fotográficos  (2000)
O fazedor de amanhecer (infantil) (2001 )
Poeminhas pescados numa fala de João (2001 )
Tratado geral das grandezas do ínfimo  ( 2001 )
Memórias inventadas  (A infância) (2003 )
Cantigas para um passarinho à toa (2003  )
Poemas rupestres (Ilustrações de Martha Barros) (2004 )
Memórias inventadas II (A segunda infância) (2005)
Memórias inventadas III (A terceira infância)  (2007)
 Menino do Mato (2010)
 “Poesias Completas” [Editora LeYa, 2010] e “Escritos em Verbal de Aves” (Editora LeYa, 2011)

manoel de barros6

O QUE PENSAVA MANOEL DE BARROS SOBRE:
 POESIA
Poesia não é para compreender, mas para incorporar. Entender é parede: procure ser árvore.
 “Sou fuga para flauta de pedra doce. A poesia me desbrava. Com águas me alinhavo.
 VIDA
E, aquele que não morou nunca em seus próprios abismos nem andou em promiscuidade com os seus fantasmas, não foi marcado. Não será exposto às fraquezas, ao desalento, ao amor, ao poema.
 SABEDORIA
 Quando as aves falam com as pedras e as rãs com as águas – é de poesia que estão falando.
 OUSADIA
 Fui criado no mato e aprendi a gostar das coisinhas do chão, antes que das coisas celestiais.
 INFÂNCIA
 “Sou hoje um caçador de achadouros da infância. Vou meio dementado e enxada às costas cavar no meu quintal vestígios dos meninos que fomos.
 CONFORTO PARA MORTE
Onde eu não estou, as palavras me acham.
 AMOR
A palavra amor anda vazia. Não tem gente dentro dela.
 manoel de barros 5
Leia mais »

EU, TU, ELE…

AUSÊNCIA

ausencia

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.
      Carlos Drummond de Andrade

DE OLHO NO ENEM 2014 – CIÊNCIA SEM FRONTERAS

lupa

    Lançado pela presidente Dilma Rousseff em meados de 2011 e com os primeiros beneficiados anunciados em dezembro do mesmo ano, o Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) – que tem por objetivo conceder 101 mil bolsas de estudo para levar alunos brasileiros de graduação e pós-graduação nas áreas de engenharia e ciências exatas a estudar no exterior – foi, em geral, bem recebido pela comunidade acadêmica.

    O Ciência sem Fronteiras é uma iniciativa que tem como objetivo promover o intercâmbio entre o Brasil e outros países para internacionalizar a ciência e a tecnologia. O programa já concedeu 83,2 mil bolsas de estudo e, portanto, muitos jovens estudantes sonham em concorrer aos auxílios. O que nem todos sabem é que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é extremamente importante por ser um dos critérios de avaliação dos candidatos. Para concorrer a qualquer um dos editais, é necessário apresentar uma nota igual ou maior do que 600 pontos no exame.

ciencia