VÍCIOS DE LINGUAGEM

aula 2

VÍCIOS DE LINGUAGEM

      Vício de linguagem é qualquer infração que se faça às normas vigentes do idioma que falamos.

       Para efeito didático, podemos sistematiza-los em dez tipos diferentes.

 1.BARBARISMOS: são todos os erros de pronúncia, grafia ou forma de palavras. Os mais frequentes barbarismos são as cacoépias, as cacografias, os estrangeirismos, os hibridismos.

Exemplos: rúbricas em vez de rubrica

                 excessão em vez de exceção

 abóboda em vez de abóbada

                  cidadões em vez de cidadãos

troféis em vez de troféus.

 CACOÉPIA: é qualquer erro de pronúncia. Quando se trata de erro de pronúncia pela deslocação do acento tônico, chama-se vulgarmente silabadacôndor, em vez de condor, nóbel em vez de  nobel etc.

 CACOGRAFIA: é qualquer erro de grafia (troca de letras, divisão silábica incorreta, etc.):  Magestoso, em lugar de majestosoxuxu, em vez de chuchu etc.

 ESTRANGEIRISMOS: são palavras, expressões ou frases estrangeiras empregadas indevidamente em nossa língua. Conforme a procedência, dividem-se em: francesismos ou galicismos, anglicismos, italianismos, castelhanismos ou espanholismos.

 HIBRIDISMO: são palavras malformadas, por conterem elementos de línguas diferentes: poliforme (poli-, grego, e forma, latim); hipermercado (grego e latim).

       Há inúmeros hibridismos que o uso constante já consagrou e hoje figuram no dicionário: televisão, do grego e latim; automóvel, sociologia etc.

      São barbarismo também a troca de parônimos ( iminente por eminente, tráfico por tráfego, descrição por discrição, despensa por dispensa etc.)

 2.SOLECISMOS: são erros de sintaxe, isto é, de concordância, de regência ou de colocação.

Houveram muitos problemas, em vez de Houve muitos problemas.

Ele visava uma posição melhor na empresa em vez de Ele visava a uma posição melhor na empresa.

Este artigo é para mim ler? Em vez de Este artigo é para eu ler?

 3.ARCAÍSMOS: são palavras ou expressões que já caíram em desuso.

boticário por farmacêutico, entonces por então, vosmecê por você.

 4.PLEBEÍSMOS: são palavras ou expressões triviais ou de gíria. Os plebeísmos não podem ser tolerados na língua culta, pois espelham imediatamente grosseria, falta de instrução:

Exemplos:  Fiquei besta… , O Corcovado é um troço.

 5. PLEONASMO: é a repetição de palavras ou expressões sem que haja necessidade, nem intenção expressiva.

Andava com os pés cautelosamente.

Entrou, imediatamente, para dentro.

Observação: Trata-se aqui, é claro, do pleonasmo vicioso, não do que se usa como recurso intencional de estilo.

 6.AMBIGUIDADE OU ANFIBOLOGIA: é a construção de período malfeito que permite mais de uma interpretação.

 “Como vai a cachorra da sua mãe?”
(Que cachorra? A mãe ou a cadela criada pela mãe?)

“O rapaz comeu maçã e sua prima também”.
(Ah, não entendi, quem comeu o quê?)

 7.CACÓFATO OU CACOFONIA: é o som desagradável ou palavra de sentido ridículo, resultante da união de sílabas de palavras vizinhas:

 Recentemente, um jornal cearense deu a seguinte manchete:
“Quadrilha explode banco e usa escudo humano”

.8.HIATO: é o acúmulo de vogais produzindo efeito desagradável:

Já há alguns anos…

Sou eu ou ainda é o outro?

9.ECO: é a rima na prosa.

O superior dava valor ao seu inferior.

Neste momento tenho um sentimento de contentamento.

 10.COLISÃO: é a sucessão desagradável de consoantes iguais.

Eram comunidades camponesas com cultivos coletivos.

 11.PRECIOSISMO – É a linguagem afetada, artificial, cheia de sutilezas e vazia de ideias:

“A formosa donzela com os olhos marejados de lágrimas, lia febril a epístola de sua genitora”. (em vez de: A bela moça, com lágrima nos olhos, lia a carta de sua mãe).

 12.NEOLOGISMO: consiste na criação desnecessária de palavras novas. Também se considera que há neologismo quando se atribui uma significação nova a uma palavra já existente no léxico.

Era um homem extremamente vaidoso, um verdadeiro metrossexual.

Perguntado se iria se transferido, o funcionário afirmou que não, pois ele era imexível.

Vou descolar um emprego.

Anúncios

HOMENAGEM AO GRANDE POETA, MANOEL DE BARROS

manoel de barros 2 MANOEL DE BARROS

        A literatura perdeu hoje ( 13-11-2014), mais um grande escritor, Manoel de Barros. Aos 97 anos morre em Campo Grande um dos principais poetas brasileiros. Nascido em Cuiabá em 1916.

manoel de barros 4

OBRAS:
Manoel de Barros publicou seu primeiro livro, “POEMAS CONCEBIDOS SEM PECADO”, em 1937. Sua última obra, “ESCRITOS EM VERBAL DE AVE”, foi publicada em 2011. Em novembro do ano passado  foi lançada pela  editora Leya a obra completa do  poeta, com título de “A BIBLIOTECA DE MANOEL DE BARROS”. São, ao todo, 18 volumes. A edição especial incluiu um poema até então inédito, “A turma” (2013), o último escrito pelo autor. A coleção conta com cinco livros infantis feitos pelo poeta.
Poemas concebidos sem pecado (1937 )
Face imóvel (1942 )
Poesias (1956)
Compêndio para uso dos pássaros (1960)
Gramática expositiva do chão  (1966 )
Matéria de poesia (1974  )
Arranjos para assobio (1982 )
Livro de pré-coisas  (1985 )
O guardador  das águas (1989 )
Poesia quase toda  (1990 )
Concerto a céu aberto para solos de aves (1991 )
O livro das ignorãças ( 1993 )
Livro sobre nada (Ilustrações de Wega Nery) (1996 )
Retrato do artista quando coisa (1998 )
Exercícios de ser criança (1999 )
Ensaios fotográficos  (2000)
O fazedor de amanhecer (infantil) (2001 )
Poeminhas pescados numa fala de João (2001 )
Tratado geral das grandezas do ínfimo  ( 2001 )
Memórias inventadas  (A infância) (2003 )
Cantigas para um passarinho à toa (2003  )
Poemas rupestres (Ilustrações de Martha Barros) (2004 )
Memórias inventadas II (A segunda infância) (2005)
Memórias inventadas III (A terceira infância)  (2007)
 Menino do Mato (2010)
 “Poesias Completas” [Editora LeYa, 2010] e “Escritos em Verbal de Aves” (Editora LeYa, 2011)

manoel de barros6

O QUE PENSAVA MANOEL DE BARROS SOBRE:
 POESIA
Poesia não é para compreender, mas para incorporar. Entender é parede: procure ser árvore.
 “Sou fuga para flauta de pedra doce. A poesia me desbrava. Com águas me alinhavo.
 VIDA
E, aquele que não morou nunca em seus próprios abismos nem andou em promiscuidade com os seus fantasmas, não foi marcado. Não será exposto às fraquezas, ao desalento, ao amor, ao poema.
 SABEDORIA
 Quando as aves falam com as pedras e as rãs com as águas – é de poesia que estão falando.
 OUSADIA
 Fui criado no mato e aprendi a gostar das coisinhas do chão, antes que das coisas celestiais.
 INFÂNCIA
 “Sou hoje um caçador de achadouros da infância. Vou meio dementado e enxada às costas cavar no meu quintal vestígios dos meninos que fomos.
 CONFORTO PARA MORTE
Onde eu não estou, as palavras me acham.
 AMOR
A palavra amor anda vazia. Não tem gente dentro dela.
 manoel de barros 5
Leia mais »

DE OLHO NO ENEM 2014 – CIÊNCIA SEM FRONTERAS

lupa

    Lançado pela presidente Dilma Rousseff em meados de 2011 e com os primeiros beneficiados anunciados em dezembro do mesmo ano, o Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) – que tem por objetivo conceder 101 mil bolsas de estudo para levar alunos brasileiros de graduação e pós-graduação nas áreas de engenharia e ciências exatas a estudar no exterior – foi, em geral, bem recebido pela comunidade acadêmica.

    O Ciência sem Fronteiras é uma iniciativa que tem como objetivo promover o intercâmbio entre o Brasil e outros países para internacionalizar a ciência e a tecnologia. O programa já concedeu 83,2 mil bolsas de estudo e, portanto, muitos jovens estudantes sonham em concorrer aos auxílios. O que nem todos sabem é que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é extremamente importante por ser um dos critérios de avaliação dos candidatos. Para concorrer a qualquer um dos editais, é necessário apresentar uma nota igual ou maior do que 600 pontos no exame.

ciencia

DE OLHO NO ENEM 2014 – CAMPANHA DE VACINAÇÃO

lupa

Existe UMA GRANDE PROBABILIDADE  para que o tema do ENEM 2014 seja VACINAÇÃO. Primeiro porque está acontecendo uma enorme coincidência ENEM e Vacinação. Segundo, porque de acordo com matéria no G1 “O vírus foi encontrado isolado em amostras de esgoto coletadas em março deste ano no aeroporto de Campinas. De acordo com a diretora da Vigilância em Saúde da cidade, Brigina Kemp, a coleta faz parte de um monitoramento mensal feito pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) incluído no programa nacional para manutenção da erradicação da poliomielite. Ela explica que a denominação “vírus selvagem” diz respeito ao poliovírus em forma natural, proveniente da contaminação. Segundo a Vigilância, podem ser encontradas no esgoto formas atenuadas de poliovírus, eliminadas pelo corpo humano após a vacinação.”

      A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil quando ataca crianças, é uma infecção viral causada pelo poliovírus. A doença pode ser moderada ou severa. Nos casos mais graves a poliomielite pode levar à paralisia e morte

      De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil não registra um caso de poliomielite desde 1989 e, desde 1994, mantém o certificado emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de erradicação. Mesmo assim, é importante que a vacinação seja mantida, já que o vírus ainda circula ao redor do mundo. Entre 2011 e 2012, 16 países registraram casos da doença. Neste ano, até o dia 22 de maio, foram 32 casos — oito no Paquistão, 22 na Nigéria e dois no Afeganistão.

                                                     BOA SORTE !!!!!!

DE OLHO NO ENEM – ANIVERSÁRIOS REDONDOS EM 2014

lupa

DIRETAS JÁ

       Diretas Já foi um movimento civil de reivindicação por eleições presidenciais diretas no Brasil, em 1984. A possibilidade de eleições diretas no país se concretizaria na aprovação da Proposta de Emenda Constitucional Dante de Oliveira pelo Congresso Nacional.

APARTHEID

       Quando se fala de apartheid,fala-se de um regime de segregação racial que se estendeu desde 1948 a 1994 na áfrica do Sul. Tratava-se de uma política de segregação racial que excluía negros e asiáticos da participação política e restringia até mesmo a sua circulação pelo país.

RECITAL 2012

HOMENAGEM  A  MÁRIO QUINTANA

         O segredo é não correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você.

                                                                                                                 Mario Quintana

RECITAL I

RECITAL 3

RECITAL 4

RECITAL 5

RECITAL 6

RECITAL 7

RECITAL 8

RECITAL9

RECITAL  10

RECITAL  11

RECITAL  12

RECITAL  13

RECITAL  15

RECITAL  16

RECITAL  17

RECITAL  18

RECITAL  19

RECITAL  20

RECITAL  21

RECITAL  24

RECITAL  25

RECITAL  26

RECITAL  27

RECITAL  28

RECITAL 31

RECITAL  30